Sandra da Farmácia realiza maior carreata da história de Calumbi

No último sábado (24), a candidata do PT, Sandra da Farmácia, realizou uma mega carreata em Calumbi, e milhares de apoiadores saíram de suas casas para demonstrar o apoio à petista.

Centenas de carros e motos percorreram as principais ruas do município, na maior carreata já registrada na cidade sertaneja. Foi uma grande demonstração de apoio recebida pela atual prefeita, que tem como vice o empresário Gustavo Melo (PSD).

 

Evandro Valadares (PSB) lidera em São José do Egito

Pesquisa do Instituto Exatta, em parceria com o Diario de Pernambuco, aponta que o atual prefeito de São José do Egito, Evandro Valadares (PSB), lidera as intenções de voto no município para a eleição do dia 15 de novembro. O socialista tem 49%, enquanto o ex-prefeito Romerio Guimarães (PP) aparece com 34%. Em seguida, vêm Roseane Borges (1%) e Rona Leite (0,3%). Votos em ninguém, brancos e nulos somam 4%. Não sabem e não opinaram, 11,7%. Foram ouvidas 300 pessoas, de 14 a 16 de outubro. A margem de erro é de 5,6%, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Na pesquisa espontânea, ou seja, quando os nomes dos candidatos não são apresentados, Evandro Valadares ficou com 48,3%, Romerio Guimarães com 33,3%, Roseane Borges com 0,7%, Rona Leite com 0,3% e José Marques de Lima com 0,3%. Ninguém, branco ou nulo somam 3,7%. Não sabem e não opinaram, 13,3%.
No quesito rejeição, quatro candidatos estão tecnicamente empatados, dentro do limite da margem de erro: Evandro Valadares (30,3%), Romerio Guimarães (30%), Rona Leite (26%) e Roseane Borges (24,3%). Não rejeitam nenhum somam 16,3% e não souberam responder 6%. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com o número PE-03729-2020.

Prefeitura de Afogados inaugurou Ponto de Apoio na comunidade do Santo Antônio II

A Prefeitura de Afogados inaugurou, na manhã deste domingo (25), mais um ponto de apoio da saúde na zona rural do município, dessa vez, na comunidade do Santo Antônio ll.

Com recursos próprios, a Prefeitura investiu mais de 77 mil Reais na construção da unidade, que conta com consultório médico, consultório odontológico, sala de curativos e de aplicação de vacina, banheiro, sala de enfermagem e recepção para triagem dos pacientes. “Esta é uma política exitosa, de descentralização do acesso à saúde, levando o atendimento para mais perto dos moradores da nossa zona rural,” avaliou o Secretário de Saúde, Artur Amorim, destacando que além da consulta médica, os moradores também passarão a contar com atendimento odontológico e exames citopatológicos, puericultura e acompanhamento de pré-natal.

“Antes era muito ruim, qualquer dorzinha de dente, a gente tinha que se deslocar para a cidade. Agora não, o atendimento está aqui, pertinho das nossas casas,” disse João Mascena, ex-diretor do Sindicato de Trabalhadores Rurais e uma das lideranças da comunidade. A unidade homenageia uma das moradoras da comunidade, já falecida, a senhora Maria José do Nascimento Silva. A filha dela, Adriana do Nascimento, que também é diretora de mulheres da FETAPE, destacou a trajetória da mãe e agradeceu a homenagem prestada com o nome da unidade de saúde. O terreno em que o equipamento foi construído, foi doado pelo Sr. Manoel Odon, pai de Adriana.

“Quero agradecer ao Manoel pela doação do terreno para que nós pudéssemos construir esse belíssimo equipamento, que a gente chama, tecnicamente, de ponto de apoio, mas que na verdade é uma unidade de saúde, completa, para atender na atenção básica. Fico muito feliz em poder, como gestor, deixar mais esse legado para a comunidade do Santo Antônio ll,” afirmou o Prefeito José Patriota, destacando outros benefícios trazidos para a comunidade, como o calçamento e a água da adutora do pajeú, água na torneira para mais de oitenta famílias, em parceria com o Governo do Estado.

Miguel priorizará criação de novos postos e equipes de saúde da família nos bairros, residenciais e zona rural

Além dos compromissos do “Hospital da Criança” e quatro novas policlínicas para os bairros, o candidato à reeleição pelo MDB, Miguel Coelho, garante que vai expandir a rede básica para 100% de cobertura com reforço nas equipes de saúde e postos. A proposta foi lembrada, neste sábado (24), em atividades de campanha do político sertanejo.

No primeiro mandato, Miguel fez um amplo projeto de descentralização da saúde, levando médicos, enfermeiros entre outros profissionais, para dentro das comunidades. Foram abertas 19 novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) na área urbana e na zona rural. Para o segundo governo, o compromisso é criar mais postos em bairros, interior e residenciais que precisam de estrutura de saúde.

Outro compromisso que consta no programa de governo de Miguel é o de levar mais profissionais para as comunidades. A meta é implantar 16 equipes de saúde da família em Petrolina. Com isso, a cidade sertaneja passará a ter 100% de cobertura. “Esse é um compromisso primordial. Fizemos um amplo trabalho de recuperação da rede, que estava com postos abandonados, profissionais desmotivados e estrutura precária. Depois, investimos na implantação de 19 postos de saúde nos bairros e interior. Agora, queremos chegar a 100% da cobertura de saúde básica em Petrolina, fazendo nossa cidade modelo nacional nesse serviço essencial à população”, comprometeu-se o candidato do MDB.

De longe, Mendonça é o mais preparado para governar o Recife, diz FBC

Em ato político da campanha do candidato do DEM a prefeito do Recife, Mendonça Filho, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do governo federal, afirmou neste domingo (25) que um novo ciclo na política de Pernambuco será inaugurado a partir das eleições municipais. Na capital, segundo o senador, a mudança se dará com o voto no democrata.

“A polarização está se dando. Vamos enfrentar no segundo turno aquele que representa a continuidade do que o Recife não quer. E entre as opções para a mudança, o Recife vai escolher quem ama o Recife, quem gosta do Recife, quem tem sangue pernambucano, para poder pulsar e vibrar na alma do povo”, disse FBC. “De longe, Mendonça é o mais preparado, o mais experiente, e que tem gestão comprovada nos diversos cargos que ocupou.”

Para Fernando Bezerra, a crise econômica decorrente da pandemia vai exigir que as prefeituras façam parcerias com o governo federal para viabilizar investimentos. “Estou hoje aqui para dizer que, como líder do governo no Senado, estarei ao seu lado para que a gente possa viabilizar os recursos necessários para projetar um novo tempo na política do Recife.”

João Campos: “O caminho de luta e conquistas é o que nos move”

A agenda deste domingo (25) do candidato a prefeito do Recife pela Frente Popular, deputado federal João Campos (PSB), teve início no bairro da Várzea, Zona Oeste da cidade. Faltando três semanas para as eleições, João reforçou a necessidade de continuar, nesta reta final, debatendo as soluções para os problemas da cidade, apresentando novas propostas que possam melhorar a vida das pessoas e reduzir as desigualdades ainda existentes na capital pernambucana. O prefeiturável também pediu ajuda dos aliados, eleitores e militantes para conquistar novos apoios da população nos últimos dias de campanha.

João Campos percorreu algumas ruas do bairro, cumprimento as pessoas, tirou fotos e agradeceu o carinho recebido durante o trajeto. Ele visitou o comitê do vereador Davi Muniz (PSB), candidato à reeleição. Ao final, discursou, na Tribuna 40 sobre seu projeto para a capital. “A gente tem muito o que enfrentar na nossa cidade, mas a certeza de um caminho de luta e conquistas é o que nos move para garantir o que ainda falta no Recife. Por isso, a gente anunciou o Crédito Popular, para auxiliar os pequenos empreendedores que precisam de um força para recomeçar. Por isso a gente anunciou o programa A Casa é Sua, para garantir o direito das pessoas terem segurança da sua moradia. Por isso, anunciamos o programa Praça da Infância”, disse João.

Além das novas propostas, o prefeiturável defendeu que iniciativas que deram certo na cidade precisam continuar, a exemplo de ações criadas pela Frente Popular do Recife, como o Compaz, Faixa Azul, Hospital da Mulher, novas ciclovias, Escola do Futuro e mais creches. “Enquanto alguns vêm com ódio, eu vou com amor para construir cada uma das soluções para os problemas do Recife. Precisamos discutir propostas e não entrar em bate-boca, que não melhora a vida das pessoas”, disse o prefeiturável.

A dona de casa Maria das Dores Silva, de 60 anos, que é moradora da Vila Arraes, fez questão de conferir de perto o discurso de João e explicou porque vai votar. “Eu vou votar em João Campos pelo trabalho que ele vai fazer. Não é porque ele é jovem que não sabe fazer. Ele mostra que é preparado pelas entrevistas que dá, apresenta propostas boas e eu voto no candidato não só pelo que foi antes, mas pelo que ele vai fazer”, disse.

Vizinha de Maria das Dores, a auxiliar de serviços gerais Eliane Pinto, de 42 anos, também saiu de casa neste domingo para prestigiar a visita de João Campos. “João vai ser um bom prefeito e representar o que o pai dele já fez. É uma pessoa que escuta, vai nas comunidades e fala com o povo. É ele que quero como meu prefeito”, disse.

Marília participa de nova grande carreata na Zona Sul do Recife

Mais uma imensa carreata e uma nova demonstração de força e de amor pelo Recife tomou conta da Zona Sul da cidade na manhã deste domingo (25). A onda 13, da candidata a Prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), mostrou que é de porta em porta, de rua em rua, em todos os bairros da cidade que a construção por um Recife mais inteligente será feita.

“A carreata de hoje mostrou, mais uma vez, que os recifenses acreditam no nosso projeto. Passamos por bairros como Imbiribeira, Jordão, Ipsep e vimos que as pessoas querem uma cidade mais amiga, mais justa, menos desigual. Foi assim nos tempos do PT e será assim a partir de 2021.”

O candidato a vice-prefeito do Recife, João Arnaldo (PSOL), que também participou da grande carreata vermelha na Zona Sul, também recebeu o carinho e a confiança dos recifenses durante a atividade. “Foi mais um momento importante desta linda campanha. É animador perceber que as pessoas estão ao nosso lado neste momento.”

Porta a porta na Imbiribeira

Antes da carreata, Marília participou de uma atividade na comunidade do Coqueiral, na Imbiribeira. No porta a porta, a candidata do PT ouviu depoimentos dos moradores do local sobre a falta de saneamento básico, as filas absurdas nos postos de saúde e a falta de creche dentro da comunidade.

“É um absurdo que em pleno 2020 as pessoas tenham que dormir em uma fila para tentar marcar uma consulta. É um absurdo que uma mãe não possa trabalhar porque não há creche para o filho. Vamos mudar essa situação a partir do ano que vem.”

Branco de Geraldo realiza porta a porta na Rua Nova

No último final de semana, o candidato à prefeito em Jurema, Branco de Geraldo (PDT), seguiu cumprindo uma intensa agenda de atividades, dando atenção a todos os lugares da cidade e também na área rural.
Percorreu a rua para levar propostas e ouvir demandas da população. Branco foi bastante cumprimentado, tirou fotos e fez questão de retribuir o carinho recebido, aproveitando também para reafirmar os compromissos, mostrar o plano de governo e distribui o tradicional “santinho”. Famílias inteiras esperaram Branco de Geraldo na porta de suas casas.

“Estamos fazendo uma campanha muito bonita, limpa e focada em discutir os desafios, mostrar propostas e buscar construir as soluções para melhoria da cidade junto com o povo. É o Juremense quem será mais beneficiado na nossa gestão. Para isso acontecer é preciso que o povo saiba tudo que pretendemos fazer para mudar nosso município”, destacou.

Brasil soma mais 26.979 novos casos e 432 mortes por Covid-19 nas últimas 24h

Por Agência Brasil

O Brasil acumula 5.380.635 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus segundo o último boletim do Ministério da Saúde, divulgado na noite deste sábado (24). Nas últimas 24 horas foram 26.979 novos casos.

De acordo com balanço pelo Ministério da Saúde, a doença já matou 156.903 pessoas – 432 novos óbitos desde ontem (23).

Ainda segundo o balanço, 4.817.898 pessoas (89,5% dos casos registrados) já se curaram da doença e 405.834 estão sob acompanhamento. A frequência de óbitos por covid-19 está em 2.560 mortes a cada 100 mil pessoas contaminadas.

O balanço do Ministério da Saúde é feito a partir de registros reunidos pelas secretarias estaduais de saúde e enviados à pasta para consolidação.

São Paulo
O estado de São Paulo registrou 38.726 mortes e 1.089.255 casos confirmados de covid-19 neste sábado (24). Entre o total de casos diagnosticados da doença, 972.113 pessoas estão recuperadas, sendo que 119.027 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 40,2% na Grande São Paulo e 39,7% no estado. O número de pacientes internados é de 7.165, sendo 3.988 em enfermaria e 3.177 em unidades de terapia intensiva (UTIs), conforme dados da Secretaria de Saúde do estado divulgados pela manhã.

Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 586 com um ou mais óbitos.

Perfil da mortalidade
Entre as vítimas fatais, 22.293 são homens e 16.433 mulheres. As mortes continuam concentradas em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,4% das mortes.

Considerando as faixas etárias, a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (9.943), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (9.119) e 80 e 89 anos (7.939).

Entre as faixas de menor mortalidade, estão os menores de 10 anos (44), 10 a 19 anos (69), 20 a 29 anos (324), 30 a 39 anos (1.102).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59,8% das mortes), diabetes mellitus (43,3%), doenças neurológicas (10,9%) e renal (9,6%), pneumopatia (8,3%).

Outros fatores identificados são obesidade (8,1%), imunodepressão (5,5%), asma (3%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,8%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 31.115 pessoas que morreram por covid-19 (80,3%).

Campanha Eleitoral: O que só o Ministério Público não vê em Afogados da Ingazeira?

Por Pedro Araújo

Durante os últimos meses as autoridades constituídas do Ministério Público, especialmente a gestão municipal, adotaram o discurso em Afogados da Ingazeira do “fica em casa”. A medida foi necessária no enfrentamento da pandemia, isso é inegável. Mas a pandemia ainda não acabou e em várias cidades da região diariamente há aglomerações dos políticos e nas carreatas políticas.

As autoridades eleitorais têm ciência da situação e nada fazem. Um dos atos deste final de semana aconteceu justamente nas proximidades do Ministério Público em Afogados da Ingazeira, que fica na Praça Monsenhor Alfredo de Arruda Câmara.

Durante a semana que passou o Juiz Carlos Henrique Rossi, da 99ª Zona Eleitoral, acatou e formalizou Pedido de Providências e Tutela Inibitória do MPE assinado pela Promotora Eleitoral Luciana Carneiro Castelo Branco, para que os candidatos tomem medidas de controle dos atos de campanha devido à pandemia da Covid-19 em Itapetim, Brejinho e Santa Terezinha, ambas no Sertão do Pajeú.

O MPPE também recomendou que os postulantes se abstenham de promover aglomerações ou reuniões especificamente em desacordo com as regras do Decreto Estadual de nº 49.055/2020, ou contribuíram de qualquer forma para que as disposições dessa legislação ocorram, cumprindo fielmente todas as normas vigentes.

A Justiça Eleitoral proíbe propaganda de qualquer natureza, como em bens públicos e bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público, frisando bem o item “árvores e jardins localizados em áreas públicas”, e o que se vê na Avenida Rio Branco, principal rua de acesso ao centro da cidade são bandeiras de diversos candidatos (fixa), até pode, mas devem ser móveis e não podem dificultar o trânsito de pessoas e veículos, e ninguém da Justiça Eleitoral do município se pronuncia ou tentou coibir, num claro sinal de se fazer cumprir a lei.

Segundo a “Coluna do Domingão” do blog de Nil Junior, “a carreata da Frente Popular noite passada em Afogados foi uma afronta às normas da vigilância sanitária. Perturbação, gente sem máscara, amontoados em carrocerias, uma confusão. A Coligação vai dizer que “não conseguiu controlar o povo”. Se sim, só prova que não é adequado e não dá certo”.

Pois bem, como pedir para população ficar em casa se permitem que carreatas aconteçam?, na maior aglomeração, pessoas sem máscaras, sem a distância permitida entre um e outro, e somente o Ministério Público em Afogados da Ingazeira é que não vê? É de ficar na curiosidade para saber o que os guardiões da cidadania tenha solicitado dos partidos políticos da 66ª Zona Eleitoral no que diz respeito, as exigências quanto à pandemia do Covid-19, que já ceifou milhares de vida de brasileiros. Será que só o Ministério Público também não vê?

Veja aqui a lista completa do TRE-PEdo que pode ou não pode quanto às ações de campanha para este ano.