Coluna do Finfa

Entrevistados – O Senador Fernando Dueire (MDB)  e o deputado estadual Jarbas Filho, foram entrevistos por este blogueiro, ontem (22), no Senado Federal.

O senador falou sobre seu projeto desua autoria que foi aprovado por unanimidade no Senado Federal, Fernando Dueire (MDB) foi aprovado por unanimidade e garante justiça na cobrança da taxa administrativa da CNH. “Agora, motoristas acima de 50 anos terão 50% de desconto, e aqueles com mais de 70 anos terão 70% de desconto. Uma vitória que beneficia mais de 27 milhões de brasileiros”, disse o senador.

O deputado estadual Jarbas Filho (MDB), falou sobre o crescimento do seu partido no estado de Pernambuco.

Comemorando – O prefeito da Ingazeira, Luciano Torres, que encontra-se em Brasília participando da XXV Marcha, esta comemorando os recursos garantidos com parlamentares pernambucanos. O deputado majoritário do município, Lucas Ramos destinou emenda de R$ 500 mil, a Senadora Teresa Leitão emenda de R$ 400 mil, Carlos Veras R$ 400 mil e Renildo Calheiro R$ 200 mil. “Agradeço a todos os deputados e a senadora pelos os recursos destinado ao meu município, que serão investidos em infraestrutura para a melhoria da nosso população”, disse Luciano.

Recebeu – O Secretário Executivo do Ministério do Empreendedorismo, Tadeu Alencar, recebeu ontem (22), em seu gabinete em Brasília, o prefeito de São José do Egito, Evandro Valadares, Gilson Bento, prefeito de Brejinho e Paulo Jucá, Secretário de Saúde de São José do Egito, a reunião teve como objetivo discutir parcerias que possam promover o desenvolvimento econômico e social das cidades envolvidas, através de iniciativas empreendedoras e inovadoras.

Frase“O melhor é nós deixarmos de lado esse espírito de revanchismo, e essa polarização exacerbada, que muitas vezes embota o nosso raciocínio e impede que nós busquemos convergências naqueles pontos comuns”. (Senador Sérgio Moro (União-PR) após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que rejeitou pedidos de cassação do seu mandato)

Comitiva – O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, participou da XXV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, realizado pela CNM, e foi acompanhado de uma comitiva significativa. Além da primeira dama Mary Delanea, estavam os secretários Marcos Melo, Rita de Cassia, Juliany Rabelo, Edjanilson Rodrigues e do Presidente da Câmara de Vereadores Chico Torres, do vereador Fábio Torres e do servidor Júnior Diniz. O pré-candidato a prefeito Dr.Pedro Alves, em conversa com este blogueiro, justificou sua ausência a esta agenda, em virtude de agenda profissional e particular.

Comemora – A Prefeitura de Caruaru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural, estará comemorando o dia do Trabalhador Rural nesta quinta-feira (23). Para marcar a data, a homenagem aos agricultores começa às 7h, na Feira da Agricultura Familiar, na Avenida Rui Barbosa, na Via Parque, ao lado do Grande Hotel. Já os agricultores que participam do Direto da Roça Collab, terão a homenagem iniciando às 11h. Localizado no estacionamento térreo do centro de compras, a Collab é uma parceria entre a Prefeitura e Shopping Difusora.

Poderá – Este blogueiro foi informado por uma fonte da cidade de Sertânia, que o nome do ex-prefeito Sinval Siqueira, está na bolsa de aposta para ser o vice na chapa da pré-candidata Pollyana Abreu.

Disse“O maior programa social do Brasil é o emprego e a renda. É isso que traz felicidade e dignidade para as pessoas. E a gente viu a importância com a construção do aeroporto. E agora, com a ampliação, a gente está criando mais emprego e oportunidade de trabalho. A cada quatro turistas que chegam ao Recife, um posto de trabalho é gerado. Vamos, ao lado do presidente Lula e do prefeito João Campos, avançar nas entregas”.(Ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, no encontro que teve ontem com o prefeito do Recife, João Campos, sobre o fortalecimento da malha aérea na capital de Pernambuco)

Garantiu recursos – O deputado federal, Waldemar Oliveira, durante esta semana, recebeu diversos prefeitos,vereadores no seu gabinete na Câmara dos Deputados, para tratarem de recursos e projetos inovadores para os municípios. Um dos que saiu comemorando os recursos obtidos, foi o prefeito de Venturosa, Eudes Tenório, que teve a notícia presencial junto ao senador Fernando Dueire de uma parceria para liberar uma emenda parlamentar em conjunto no valor de R$1,5 milhão.

Perguntar não ofende – Se Marília Arraes não liberar o Solidariedade para Luciano Duque ser o candidato a prefeito de Serra Talhada, Miguel Duque será o substituto de Duque?

 

 

 

 

Márcia entrega mais duas ruas pavimentadas no bairro da Caxixola

A prefeita Márcia Conrado entregou nesta quarta-feira, 22 de maio, mais uma importante obra de infraestrutura para os moradores do bairro da Caxixola. Desta vez, foram inauguradas duas ruas pavimentadas, totalizando 2.100 metros quadrados de calçamento, em um investimento total de R$ 216 mil.

A gestora destacou a importância dessas obras para a população do bairro. “Estamos muito felizes em entregar mais essas ruas pavimentadas, que trarão benefícios significativos para os moradores da Caxixola. Este investimento reflete o nosso compromisso em trabalhar no desenvolvimento urbano e melhorar a mobilidade em nosso município.”

A rua Raimundo Epaminondas Torres recebeu pavimentação em uma área de 876,11 metros quadrados, enquanto a Avenida Quitéria Rodrigues da Silva teve uma área de 1.247,09 metros quadrados pavimentada. Essas melhorias representam não apenas um avanço na infraestrutura local, mas também um compromisso da gestão municipal em proporcionar mais qualidade de vida e segurança para os moradores.

Felipe Carreras celebra a sanção presidencial da lei que mantém incentivos do PERSE

O Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou, sem vetos, o projeto de lei que estabelece a continuidade do Programa Emergencial de Retomada dos Setores de Eventos e Turismo (PERSE). A solenidade aconteceu nesta quarta-feira (22), no Palácio do Planalto, com a presença de ministros, parlamentares, lideranças e profissionais dos segmentos de todo o país.

A proposta original, de autoria do deputado Felipe Carreras (PSB/PE), foi criada durante a pandemia para socorrer empresas que tiveram suas atividades paralisadas. Em dezembro do ano passado, o governo propôs o fim do programa na MP 1202, mas diante da resistência do Congresso e de associações ligadas aos setores, o tema foi tratado em projeto de lei e aprovado pelas duas Casas.

Com o orçamento de R$ 15 bilhões de reais até o ano de 2027, a lei prevê a manutenção da isenção de tributos como PIS, Cofins, CSLL e Imposto de Renda. Também amplia de 12 para 30 atividades econômicas aptas a participarem do programa. O texto ainda acrescenta a necessidade de habilitação das empresas para participarem do programa. Só terão direito aos incentivos do PERSE as empresas cuja atividade econômica principal esteja cadastrada em algum dos CNAEs previstos em lei. Essa limitação evita que companhias usem funções secundárias para terem acesso aos benefícios fiscais. Além disso, empresas criadas depois da pandemia não terão acesso ao Perse.

O deputado Felipe Carreras destacou a importância do programa de incentivo e o comprometimento do Governo Federal com os setores de eventos e turismo. “Enquanto autor do Projeto de Lei que deu origem ao PERSE e presidente das Frentes Parlamentares em Defesa do Turismo e do setor de Eventos, agradeço sensibilidade do Presidente da República por sancionar o novo formato do Programa sem vetos, honrando o acordo com o Congresso Nacional. O PERSE não tem coloração política. É resultado de muito diálogo, união e luta. Estamos garantindo um programa de incentivo a uma das maiores indústrias do país, que engloba a cadeia produtiva da cultura, do entretenimento, do turismo, da hotelaria e de muitas outras áreas. O PERSE é um triunfo histórico e coletivo que celebra a resiliência e a força dos setores que mais geram emprego e renda no Brasil”, disse.

Governadora Raquel Lyra destaca apoio do Estado ao empreendedorismo local durante feira do Sebrae-PE

Pernambuco conta com espaços no evento para apresentar serviços e programas como o Bora Empreender, que incentiva a formalização de negócios
A governadora Raquel Lyra prestigiou, nesta quarta-feira (22), a 12ª edição da Feira do Empreendedor de Pernambuco, realizada no Centro de Convenções e promovida pelo Sebrae-PE com o objetivo de reunir experiências de negócios e empreendedorismo. Na ocasião, a gestora visitou espaços do evento, além dos estandes do Governo do Estado, que contemplam a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), a Secretaria de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo de Pernambuco (Sedepe), a Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), a Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe) e Corpo de Bombeiros. As secretarias e órgãos estão disponibilizando serviços e informações sobre programas estaduais.
 
“O Sebrae tem sido um grande parceiro do desenvolvimento de Pernambuco, do fomento à capacidade empreendedora da nossa gente, e nada melhor do que reunir tudo isso na Feira do Empreendedor. O Governo de Pernambuco está presente aqui com secretarias e agências, garantindo informações sobre os nossos cursos, possibilidades através do programa Bora Empreender, com a disponibilização de crédito, especialmente voltado para micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais, além da Adepe, que faz toda uma articulação para o nosso Estado crescer na atração de novos negócios e no fomento aos arranjos produtivos de cada uma das nossas regiões”, destacou a governadora Raquel Lyra.
 
Para o superintendente do Sebrae-PE, Murilo Guerra, o Governo do Estado tem sido um grande parceiro da entidade. “A governadora sempre teve atenção com o empreendedorismo, com a qualificação profissional. Hoje é o primeiro dia da feira e pela expectativa de pessoas inscritas nós acreditamos que vai ser um evento de grande qualidade, com debates, dicas de negócios na área de inovação, tecnologia, ou seja, um movimento de integração muito grande”, afirmou.
A Sedepe assinou dois convênios com o Sebrae-PE para o evento, que somam R$ 1,6 milhão, sendo 50% do Executivo estadual e 50% do Sebrae. Os convênios integram o programa Qualifica PE, que irá ofertar mais de 25 mil vagas em cursos de capacitação para a população pernambucana. 
 
A Sedepe também marcará presença na feira com alguns dos seus principais serviços, como o Espaço Bora Empreender, o Expresso Empreendedor, e as linhas de créditos da AGE para empreendedores formais e informais. Por sua vez, a Jucepe trará informações sobre registro de atividades ligadas a sociedades empresariais, alteração e extinção de empresas.
 
“Estamos todos aqui enquanto Estado porque uma feira como essa nos traz um ambiente muito bom de geração de negócios, de geração de uma boa perspectiva para movimentar a renda e dar oportunidade ao empreendedor”, disse a secretária de Desenvolvimento Profissional e Empreendedorismo, Amanda Aires.
 
A Feira do Empreendedor segue até o dia 25 de maio, com a presença de mais de 20 espaços temáticos, que oferecerão capacitações, oficinas, orientações, rodas de conversas e diversas experiências interativas para quem busca atualização e networking.
 
Acompanharam a governadora no evento a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauricélia Montenegro, o presidente da Adepe, André Teixeira Filho, e a diretora-presidente da AGE, Angella Mochel.
 
Fotos: Hesíodo Góes/Secom

Priscila Krause se reúne com Comissão do Bicentenário da Confederação do Equador 

As comemorações do Bicentenário da Confederação do Equador serão marcadas com programação extensa que começa a partir do dia 2 de julho

Em 2024, Pernambuco comemora o Bicentenário da Confederação do Equador, que teve a participação do líder revolucionário Joaquim do Amor Divino, mais conhecido como Frei Caneca. Para marcar as celebrações, a vice-governadora Priscila Krause coordenou, hoje, mais uma reunião da Comissão do Bicentenário da Confederação do Equador, que debateu a programação que marcará as homenagens a partir do dia 2 de julho e seguirá ao longo de todo o ano.

Durante a reunião, a comissão planejou o calendário de atividades que vão desde o lançamento oficial das comemorações do bicentenário até ações como concursos de redação, eventos científicos e culturais. O objetivo é destacar a importância do resgate histórico do movimento revolucionário para Pernambuco. “A Confederação do Equador marca a nossa identidade política dentro do País. Desta maneira, vamos comemorar o bicentenário do movimento com debates que vão ganhar as ruas e, ao mesmo tempo, o espaço acadêmico. Esse planejamento dos trabalhos só está sendo possível porque contamos com a participação ativa e ampla de todos os membros da comissão” disse Priscila.

 O encontrou contou com a presença de representantes da Grande Oriente Maçônico de Pernambuco, Marcos Cabral e Adilson Agrícola; do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, Margarida Cantarelli; da Academia Pernambucana de Letras e professor do curso de História da UFPE, George Cabral; da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), Marcelo Casseb; do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Marco Aurélio Farias; do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Alexandre Assunção; da OAB-PE, Fernando Araújo; e o artista plástico Roberto Ploeg.

Também representando o Governo do Estado, estiveram presentes a assessora especial da vice-governadora, Teresa Duere; secretária de Cultura, Cacau de Paula; secretário da Assessoria Especial à Governadora e Relações Internacionais, Fernando Holanda; secretário-executivo de Comunicação, Manoel Medeiros; secretário-executivo da Casa Civil, Igor Cadena; secretária Executiva de Desenvolvimento da Educação, Tárcia Regina da Silva; diretor do Arquivo Público de Pernambuco, Sidney Rocha; presidente da CEPE, João Baltar Freire; representando a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Glaucia Andrade; e representando a Fundarpe, Rinaldo Carvalho.

Sobre a Confederação do Equador

O movimento pernambucano se destacou como a principal reação à política centralizadora e autoritária do governo do imperador d. Pedro I, que mesmo após declarar a independência do país ainda flertava com a ideia de recriar um Reino Unido a Portugal. No final do ano de 1823, o então presidente da província de Pernambuco Francisco Pais Barreto, que foi nomeado pelo imperador, renuncia ao cargo. Os liberais então colocam na função, sem as bençãos da coroa, Manoel de Carvalho. Para evitar um conflito, d. Pedro nomeou ao cargo José Carlos Mayrink da Silva Ferrão, que também não foi aceito na província.

Após a retirada de uma divisão naval enviada pelo imperador, em 2 de julho de 1824, Manoel de Carvalho aproveitou a oportunidade para proclamar a independência de Pernambuco e enviou convites às províncias vizinhas do Norte, como Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte para aderir o movimento. A proposta era que essas províncias se unissem a Pernambuco em um governo republicano, ideia que contou com forte repressão da Coroa, com vários integrantes do movimento condenados a morte, além de outras punições. Pernambuco foi penalizado pela coroa coma perda do território do que hoje compreende o Estado de Alagoas.

Fábio Aragão, Felipe Carreras e Diogo Moraes articulam visita de Márcio França a Santa Cruz do Capibaribe

_Previsão é que o ministro anuncie novas ações na cidade no próximo mês_

Cumprindo uma extensa agenda de compromissos em Brasília, onde também participa da Marcha dos Prefeitos 2024, os deputados Diogo Moraes e Felipe Carreras, acompanhados do prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão, do vice Helinho e diversos vereadores da cidade, visitaram o Ministério do Empreendedorismo e Microempresa para articular ações importantes para o Polo de Confecções do Agreste. Durante a visita, ficou pré-agendada uma visita do ministro Márcio França a Santa Cruz.

O representante do Governo Federal sinalizou a visita para o próximo mês de junho. Na ocasião, Marcio França informou que serão lançadas duas iniciativas importantes para empreendedores: o programa Desenrola voltado para pessoa jurídica, com descontos de até 90% para quem possui algum débito, e o ProCred 360, que vai conceder créditos a micro e pequenas empresas com faturamento de até R$ 360 mil. A expectativa é que o vice-presidente Geraldo Alckmin, que é ministro do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio, também participe das agendas.

Diogo Moraes pontuou a importância da visita para Santa Cruz do Capibaribe. “Temos o segundo maior Polo de Confecções do Brasil e um enorme potencial. E o Governo do presidente Lula reconhece isso, tanto é que anunciou recentemente um Instituto Federal para nossa cidade. O Governo Federal está com os olhos voltados para nossa região e temos certeza que seremos ainda mais fortes”, afirmou.

Estão previstas ainda a inauguração da Agência de Desenvolvimento e Economia Criativa (ADEC) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) em Santa Cruz. “Também estamos tentando organizar uma rodada de negócios internacional realizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil)”, pontuou Felipe Carreras.

Em Brasília, a comitiva ainda visitou o Ministério do Turismo com o intuito de falar do potencial da turístico da cidade e debater alternativas que possa alavancar o setor na região.

Silvio Costa Filho e João Campos debatem fortalecimento da aviação no Recife

O ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, recebeu o prefeito do Recife, João Campos, nesta quarta-feira (22), em Brasília. Na pauta da reunião de trabalho, o fortalecimento da malha aérea na capital de Pernambuco, um dos principais destinos do país.

O Aeroporto Internacional do Recife ocupa a sétima posição entre os mais movimentados do Brasil, recebendo uma média de 700 mil passageiros mensalmente. Para assegurar maior conforto aos viajantes, o terminal de passageiros passou por uma expansão e modernização, reinaugurada pelo ministro, no final de 2023.

Para Silvio Costa Filho, uma boa infraestrutura aeroportuária vai assegurar melhorias para o Recife, proporcionando mais conforto aos passageiros e incrementando o volume de recursos que o aeroporto traz para a capital pernambucana e a Região Metropolitana. “O maior programa social do Brasil é o emprego e a renda. É isso que traz felicidade e dignidade para as pessoas. E a gente viu a importância com a construção do aeroporto. E agora, com a ampliação, a gente está criando mais emprego e oportunidade de trabalho. A cada quatro turistas que chegam ao Recife, um posto de trabalho é gerado. Vamos, ao lado do presidente Lula e do prefeito João Campos, avançar nas entregas”, afirmou.

“Seguimos discutindo estratégias, com o amigo e ministro Silvio Costa Filho para o fortalecimento da nossa malha aérea. Temos trabalhado muito para garantir avanços importantes no segmento e teremos boas novidades pra compartilhar no futuro”, pontuou João Campos.

Agora, o aeroporto agora com maior espaço e capacidade para lidar com um número superior de aeronaves, possibilitando a realização de operações de grande porte simultaneamente, inclusive voos internacionais. No local, também foram realizados investimentos nas pistas de táxi e no pátio de aeronaves, com objetivo de cumprir integralmente as normas de segurança da aviação. Isso inclui o provimento de áreas de segurança no final da pista, a adequação das pistas de táxi e investimentos na pista de pouso e decolagem.

O Aeroporto do Recife é o quarto mais conectado do país, oferecendo conexões para 39 destinos domésticos e cinco destinos internacionais: Fort Lauderdale (EUA), Orlando (EUA), Lisboa (POR), Montevidéu (URU) e Buenos Aires (ARG). O aeroporto acumula prêmios internacionais de pontualidade e qualidade, destacando-se como o mais pontual do Brasil e o quarto do mundo por dois anos consecutivos, segundo uma empresa de consultoria do setor aéreo.

O ministro enalteceu ainda a importância do Novo PAC, programa de investimentos coordenado pelo Governo Federal, em parceria com o setor privado, estados, municípios e movimentos sociais, para acelerar o crescimento econômico e a inclusão social, movimentando a economia local e reduzindo desigualdades sociais e regionais, conforme orientação do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Serão investidos cerca de R$ 1,7 trilhão em todos os estados do Brasil, sendo R$ 1,4 trilhão até 2026 e R$ 320,5 bilhões após 2026.

Durante abertura do G20, governadora Raquel Lyra reforça o compromisso de Pernambuco com a ciência e tecnologia e destaca investimento na ordem de R$10 milhões

A governadora Raquel Lyra participou, nesta quarta-feira (22), no auditório do Cais do Sertão, no Recife, da abertura da 3ª Reunião do Grupo Técnico de Tecnologia e Inovação do Grupo dos Vinte (G20), principal fórum de cooperação econômica internacional. No evento realizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, a gestora reiterou o compromisso da gestão estadual em fortalecer e ampliar a inovação no setor público, por meio do programa Cientista Arretado, iniciativa lançada no dia 10 de maio.
 
“Estamos usando a tecnologia e inovação para chegar em quem mais precisa. É uma grande honra recebê-los em Pernambuco, principalmente em um momento em que tecnologia e inovação são um eixo para o desenvolvimento do Estado. Por meio do programa Cientista Arretado, estamos investindo mais de R$ 10 milhões em inovação aberta na busca de soluções para os problemas que o Governo de Pernambuco enfrenta, por exemplo, e áreas como desenvolvimento sustentável, urbanismo social, mudança climática e saúde”, afirmou Raquel Lyra.
 
O evento tem como temática principal “A Inovação Aberta para o Desenvolvimento Justo e Sustentável” e vai reunir, até a próxima sexta-feira (24), representantes de 40 comitivas vindas de países membros do G20 e entidades supranacionais convidadas.
 
Durante os três dias de evento, os participantes debaterão temas centrais como democratização da ciência, preservação da Amazônia, biodiversidade, transição energética, controle de pandemias e políticas de promoção da diversidade. 
“Temos que discutir sobre transição energética, mudanças climáticas, bioeconomia e descarbonização, esses são desafios de todas as nações e que nós precisamos estar aptos para enfrentá-los. Fico feliz que o encontro do grupo de trabalho do G20 aconteça em Pernambuco, um estado que tem um sistema bastante pujante, arrojado, com os parques tecnológicos que temos, e as instituições de ensino, a exemplo das universidades e os institutos federais”, ressaltou a ministra Luciana Santos.
 
Para a secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauricélia Montenegro, a vinda do evento para Pernambuco reforça o protagonismo do Estado nesta área. “Essa é a primeira vez que a reunião é descentralizada de Brasília. Trazer esse debate para cá é fundamental para que possamos retomar todas as discussões em torno destes temas, e os investimentos. Ter esse debate em Pernambuco deixa a gente muito mais engajado”, concluiu a titular da pasta.
 
Também estiveram presentes na reunião a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão; os cônsules-gerais no Recife Serge Gas (França), May Baptista (Estados Unidos), Hiroaki Sano (Japão), Larissa Bruschi (Reino Unido) e Julieta Grande (Argentina); o chefe do escritório de representação do Ministério das Relações Exteriores no Nordeste, embaixador Lineu de Paula; os secretários estaduais coronel Hercílio Mamede (Casa Militar), Cacau de Paula (Cultura), Fernando Holanda (Assessoria Especial e Relações Internacionais), Mariana Melo (Mulher); além do presidente da  Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), Eduardo Loyo.
 
CIENTISTA ARRETADO –  O programa prevê a cooperação entre o poder público e pesquisadores a fim de produzirem soluções inovadoras para os desafios governamentais de áreas estratégicas da gestão. Os editais lançados pela iniciativa irão receber o aporte de R$ 10,5 milhões, orçamento já garantido, para fortalecer e ampliar a inovação no setor público.
 
Fotos: Miva Filho/Secom

Simão Durando anuncia expansão da iluminação em LED para mais de 60 comunidades de Petrolina

Para garantir mais segurança e embelezamento aos bairros de Petrolina, a prefeitura implantará novos pontos de luz na cidade. Nesta terça-feira (21), o prefeito de Petrolina, Simão Durando, assinou a ordem de serviço autorizando mais uma etapa do programa Mais Luz. Essa é a terceira fase que irá concluir o trabalho de implementação de novos postes com luz em LED no município, tanto na área urbana quanto na rural.

Serão instalados braços e luminárias em cerca de 2 mil pontos que não estavam cadastrados, beneficiando, inicialmente, cerca de 60 localidades. Entre as comunidades contempladas, estão o Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, Angical, Rajada, Tapera, Capim, Padre Cícero, Cohab, Dom Avelar, Santa Barbara, além de diversos assentamentos e equipamentos esportivos.

O prefeito Simão Durando celebrou o avanço do serviço ressaltando a importância dessa ampliação que vai trazer ainda mais segurança e qualidade de vida para a população. “É com muito orgulho que anunciamos a conclusão de todo esse serviço iniciado em 2017 pelo ex-prefeito Miguel. Uma ação importantíssima para os petrolinenses. Fomos a primeira cidade de Pernambuco a fazer esse modelo de PPP, reduzindo, inclusive, o tempo de atendimento para a manutenção. As lâmpadas em LED são equipamentos com maior eficiência da luminosidade, além de trazer economia aos cofres públicos nas contas de energia”, frisou o prefeito Simão Durando.

Programa Mais Luz – Para solicitar a expansão ou caso seja constatado algum ponto que a equipe não tenha identificado e a lâmpada não tenha sido trocada, bem como iluminação queimada ou apagada, o morador deve fazer a solicitação pelo call center: 0800 608 1022. Informar o barramento (letras e números).

Foto: Erlan Alexandre

Moradias e revitalização de centros históricos entram no radar dos instrumentos de financiamento da Sudene

Sindicato das Indústrias da Construção Civil de Pernambuco apresentou pleito para que o tema seja apreciado pelo Conselho Deliberativo da autarquia

Recife (PE) – Em mais um gesto de aproximação com instituições que representam setores estratégicos da economia nordestina, a Sudene participou de um encontro com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do estado de Pernambuco. Durante o evento desta quarta-feira (22), a entidade representativa apresentou pleito à superintendência para que os recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) possam financiar a construção de moradias e revitalização dos centros históricos das capitais do Nordeste.

O Sinduscon argumentou que a medida estabele um novo olhar para a estruturação de políticas públicas direcionadas às demandas sociais.

A degradação dos centros históricos das capitais nordestinas foi um tema apontado pelo sindicato como preocupante para o desenvolvimento urbano. Segundo a entidade, é necessário dar aos imóveis históricos usos mais alinhados ao contexto global e à preservação do legado cultural e arquitetônico. “Ressaltamos a importância de oferecer incentivos à iniciativa privada para estimular a ocupação dos imóveis com moradias, atraindo investimentos para estas áreas urbanas”, frisou o Sinduscon através de carta apresentada à Sudene.

“A pauta tem a minha concordância. Há diversas estruturas nos centros históricos que poderiam ser revitalizadas e a questão da moradia pode dar condições para isso. Queremos melhorar a vida das pessoas e este é um tema pertinente”, comentou o superintendente Danilo Cabral, que comprometeu-se em apreciar o assunto junto à equipe técnica da Sudene. Uma das possibilidades é levar o debate ao Conselho Deliberativo da autarquia através dos representantes do setor produtivo e da indústria.

Danilo Cabral apresentou as principais linhas de atuação da Sudene, destacando o alinhamento das estratégias do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE) aos recursos federais. “Não é um plano de prateleira. Estamos colocando nossas propostas no orçamento do Governo Federal”, ratificou. Dos 622 projetos previstos neste planejamento, 91 contemplam o estado de Pernambuco, dos quais 74% fazem parte do eixo de infraestrutura econômica e urbana.

“A Sudene continua viva e presente na vida dos nordestinos e é símbolo das transformações sociais. E isso significa reconectar a instituição através do processo de diálogo com atores que são fundamentais para o cumprimento desta missão”, destacou o superintendente ao Sinduscon-PE.

Uma das pautas apreciadas no evento foi a Ferrovia Transnordestina. Os dirigentes das instituições ratificaram a importância estratégica do projeto para o escoamento tanto de commodities como de produtos de maior valor agregado para a balança comercial da região.

As diretorias da Sudene também estavam presentes na reunião, sendo representadas pelos seus titulares José Lindoso (Administração), Heitor Freire (Fundos, Incentivos e Atração de Investimentos) e Álvaro Ribeiro (Planejamento e Articulação de Políticas).

As lideranças da autarquia foram recebidas pelo presidente do Sinduscon-PE, Antônio Cláudio Couto; a vice-presidente Maria Elizabeth Cacho do Nascimento, além de diretores do sindicado. Também estiveram presentes representantes da Prefeitura do Recife; Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (CREA-PE); Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), além de empresários do setor.