Home » Sem categoria » CPRH firma acordo de cooperação técnica com empresa internacional para uso de aplicativo que vai auxiliar na fiscalização de madeira

CPRH firma acordo de cooperação técnica com empresa internacional para uso de aplicativo que vai auxiliar na fiscalização de madeira

A CPRH assinou um acordo de Cooperação Técnica com a empresa internacional Timbeter, da Estônia, país no Norte da Europa, que vai disponibilizar a tecnologia do aplicativo Timbeter para auxiliar na fiscalização da cadeia produtiva da madeira: origem, transporte, comércio, por meio da medição de toras de madeira. A utilização do aplicativo vai facilitar a identificação de cargas de madeiras não legalizadas. A iniciativa faz parte do acordo firmado pelo Governo de Pernambuco, no inicio deste mês, em Glasgow, na Escócia, durante a COP26. Na ocasião, o governador Paulo Câmara, assinou com a CEO da Timbeter, Greta Tsakna, o convênio para usar tecnologia no combate a extração ilegal de madeira.

Na semana passada, uma equipe da Timbeter esteve na sede da CPRH para apresentar as funcionalidades do aplicativo aos técnicos da Agência que trabalham na fiscalização. Os profissionais explicaram como o aplicativo irá auxiliar nas medições de pilhas, troncos e espécies de madeira analisadas.

O aplicativo armazena todas as informações necessárias, com a mínima possibilidade de erro e é capaz de informar com precisão a geolocalização das áreas, o que otimiza o trabalho dos agentes de fiscalização na coleta de dados como: a geolocalizacção da imagem, a espécie da madeira, o volume total da pilha e até mesmo se houver duplicidade de troncos nas diferentes imagens analisadas.

De acordo com o documento de Cooperação Técnica, a empresa também irá desenvolver auto de infração on-line customizado, de acordo com as demandas da CPRH, através da inserção de QR Code e realizar treinamento especializado para a equipe de fiscalização.

O diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes, ressaltou que a agenda ambiental é de fundamental importância para o Governo de Pernambuco. “Pernambuco é resistência. O Poder Público pernambucano está empenhado é desenvolver politicas públicas voltadas para o meio ambiente e essa ferramenta vai auxiliar muito nessas ações”, explicou.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *