Home » Pernambuco » GOVERNO DO ESTADO REFORÇA INFRAESTRUTURA HÍDRICA EM BUÍQUE

GOVERNO DO ESTADO REFORÇA INFRAESTRUTURA HÍDRICA EM BUÍQUE

Mais de 20 mil cidadãos pernambucanos com abastecimento d’água garantido. Esse é o objetivo do novo Sistema Produtor de Buíque, entregue pelo governador Eduardo Campos na manhã de ontem (30/03). A cerimônia oficial de inauguração foi realizada no próprio município, que fica a 279 quilômetros do Recife, no Agreste Meridional do Estado.

 A obra, um investimento de R$ 2,4 milhões, funciona a partir da perfuração de três poços no Vale do Catimbau, que vai atender à demanda de água na região. O governador lembrou que o novo sistema vai se somar futuramente à Adutora do Agreste e suprir a oferta de água para 70 municípios.

 “Esse sistema se soma a um conjunto de obras realizadas que vão deixar Pernambuco em outra condição para atravessar os tempos de estiagem. Um conjunto de obras para garantir a sustentabilidade hídrica do semiárido pernambucano. Essa é uma adutora média, mas vai se unir a grande adutoras, como a do Agreste, cujos tubos já estão passando aqui perto”, disse Eduardo.

O Sistema Produtor de Buíque tem 11 quilômetros de adutoras com capacidade para transportar 40 mil litros de água por hora, o equivalente a algo próximo de quatro carros pipa. “Esse investimento tirou a cidade do colapso de abastecimento, e futuramente servirá de complemento à Adutora do Agreste”, explicou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. “Sete anos atrás, tínhamos 700 mil pessoas recebendo água de forma regular. Hoje, são 4 milhões”, destacou o secretário de Infraestrutura, João Bosco.

Na ocasião, o governador assinou ainda a Ordem de Serviço para implantação de trecho de 10 quilômetros da PE-270, que dá acesso de Buíque ao Vale do Catimbau. O investimento é de R$ 6,5 milhões. “Essa era uma luta antiga que nos chegou através da população do Catimbau, que sempre nos procurava em nossas visitas aqui com essa reivindicação”, afirmou Eduardo. “É mais um passo na direção de uma melhor mobilidade e logística em Pernambuco”, frisou Bosco.


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments