Home » Sem categoria » Pernambuco libera oficialmente aplicação de terceira dose da vacina nesta quarta (15)

Pernambuco libera oficialmente aplicação de terceira dose da vacina nesta quarta (15)

alternative text for the liked image

Por Portal Folha de Pernambuco
Pernambuco libera oficialmente a partir desta quarta-feira (15) a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19. Nesse primeiro momento, a orientação é que idosos a partir de 70 anos e imunossuprimidos recebam o reforço.

O objetivo da dose adicional é ampliar a resposta imune do organismo no público considerado mais suscetível à doença.

De acordo com o Ministério da Saúde, a proteção dada pela vacina pode decair ao longo dos meses, sendo necessário ampliar essa resposta imune.

O Recife aplica a terceira dose desde a semana passada. A capital pernambucana liberou o reforço para idosos a partir de 70 anos e os com mais de 60 que vivem em Instituições de Longa Permanência. Segundo os últimos dados divulgados, na segunda-feira (13), 629 pessoas na cidade já tomaram a terceira dose. O cadastro deve ser feito no Conecta Recife.

Em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR), a terceira dose começou a ser aplicada nessa terça-feira (14) em idosos de instituições. Na segunda fase da campanha, idosos a partir dos 70 anos e pessoas imunossuprimidas também serão contemplados com a dose de reforço. Não haverá agendamento para a dose extra.

Já a Prefeitura de Olinda, também na RMR, informou que aguarda a chegada de novas doses na cidade e ter um quantitativo suficiente para liberar a terceira dose. Petrolina, no Sertão do Estado, ainda não anunciou a liberação para a terceira dose.

Em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, pessoas acima de 70 anos que completaram o esquema vacinal há mais de seis meses e imunossuprimidos com mais de 28 dias de intervalo já podem fazer o pré-cadastro no site da prefeitura.

Os prazos são os mesmos preconizados pelo Ministério da Saúde para esses grupos prioritários.

O imunizante usado para a terceira dose será, preferencialmente, o da Pfizer, seguindo recomendação federal. Eventualmente, poderão ser usadas as vacinas da AstraZeneca e da Janssen.

Imunossupressão
Imunossuprimidos são pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV e CD4 <350 células/mm3; doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais individuos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *