Home » Sem categoria » Programa discute trânsito nas cidades e suas alternativas

Programa discute trânsito nas cidades e suas alternativas

Como parte da programação do Maio Amarelo, movimento que busca despertar a atenção da população para sinistros nas estradas, a Escola Pública de Trânsito (EPT) do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), realizou na manhã de hoje (4), o primeiro encontro de 2021 do programa Professor Amigo do Trânsito (PAT). A reunião, em formato on-line por causa das restrições devido à Covid-19, contou com 44 integrantes e refletiu sobre “Automóvelcracia”, texto do escritor Eduardo Galeano.

O grupo, formado por representantes de prefeituras municipais pernambucanas, discutiu pontos chaves do transporte público, como: que cidade queremos? O transporte individual motorizado é a melhor opção? Existem alternativas? O programa Professor Amigo do Trânsito consiste na formação de uma rede de colaboração nas escolas públicas municipais para estimular o trabalho dos professores que atuam em sala de aula do ensino fundamental, com ações que desenvolvam educação para o trânsito no Estado.

Segundo o diretor-presidente do Detran-PE, Roberto Fontelles, o Professor Amigo do Trânsito atende ao artigo 76 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que determina a abordagem do tema trânsito em todas as idades e modalidades da educação. O programa já alcançou 684.910 alunos entre os anos de 2016 e 2019. Para o desenvolvimento do PAT, a Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Detran-PE disponibiliza apoio aos professores, como capacitações e materiais didáticos.

O gerente da EPT do Detran-PE, Ivson Correia, esclarece que as ações estão focadas em versões digitais como respeito às normas de distanciamento. Além disso, informa que todos os atos integram uma “corrente amarela do bem”, com a finalidade de gerar engajamento, participação e maior conscientização da sociedade.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *