Home » Sem categoria » MORTE DO PROFESSOR DE GARANHUNS FOI CLASSIFICADA COMO LATROCÍNIO

MORTE DO PROFESSOR DE GARANHUNS FOI CLASSIFICADA COMO LATROCÍNIO

A Polícia Civil prendeu ontem (6) dois jovens suspeitos de assassinar o professor de educação física Edelson Lima, de 54 anos, em Garanhuns. Um jovem de 20 anos, que reparava alguns móveis na casa da vítima, é acusado de matar o educador a facadas.

Os delegados Helianthus Soares, Marcos Omena e João Lins apresentaram, em coletiva de imprensa realizada hoje na Delegacia Regional de Caruaru, o inquériro sobre a morte de Edelson.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito viu dinheiro dentro de uma caixa de sapatos guardada na casa do professor e disse que não poderia terminar o conserto. No dia seguinte, o rapaz voltou com um amigo, de 23 anos. Edelson estava com o companheiro e os suspeitos mudaram os planos.

De acordo com os dados do inquérito, o educador físico estaria levando os rapazes para casa quando, em um trecho escuro, o assalto foi anunciado. O jovem de 23 anos passou a dirigir o automóvel, levando-os em outra direção. Em seguida, o rapaz de 20 anos assassinou Edelson a facadas. Foram levados os pneus do carro, carteira e smartphone da vítima. A Polícia Civil classificou o crime como latrocínio.


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments