Home » Pernambuco » GOVERNO CONCLUI CONSTRUÇÃO DE QUATRO PONTES NO MUNICÍPIO DE JAQUEIRA

GOVERNO CONCLUI CONSTRUÇÃO DE QUATRO PONTES NO MUNICÍPIO DE JAQUEIRA

Distante 170 km do Recife, a cidade de Jaqueira, localizada na Zona da Mata Sul de Pernambuco, foi atingida pelas enchentes de 2010 junto com tantas outras cidades da região e do Agreste. Agora, a paisagem do município ganhou novos contornos com a reconstrução de quatro pontes que haviam sido 
destruídas pela força das águas. O chefe da Casa Militar, Cel Mário Cavalcanti esteve ontem (20/02) em Jaqueira, junto com o Prefeito, Marivaldo Andrade, vereadores do município, e com o coordenador de Engenharia e Arquitetura ad Casa Militar, Maj Fábio Rosendo, fazendo a vistoria final nas quatro pontes 
que serão inauguradas na próxima semana. A Orla de Palmares, que será inaugurada em março, também foi visitada pelo Chefe da Casa Militar.
Além das quatro pontes e da nova orla, uma série de importantes obras serão entregues em março aos moradores de Palmares, Quipapá, Jaqueira, São Benedito do Sul e Xexéu, Zona da Mata Sul. Tais obras são fundamentais para a região, que foi devastada pelas enchentes em 2010 e 2011. Nelas, o Governo investiu mais de 20 milhões de reais.
As pontes que foram construídas em Jaqueira são as que dão acesso às comunidades chamadas de “engenhos” Salgado 2, Bálsamo da Linha, Laje Nova e Guerra. A cidade de Jaqueira integra a bacia do Rio Una e é banhada pelo Rio Piranji. Ambos tiveram seus níveis elevados após as chuvas ocorridas em 2010 causando destruição de muitos aparelhos públicos na cidade. “A construção dessas quatro pontes regularizará o acesso da população dessas comunidades à sede do município e o escoamento da produção agrícola realizada nessas localidades”, declarou o chefe da Casa Militar.
Segundo o coordenador técnico de Engenharia e Arquitetura (CTEA) da Casa Militar, major Fábio Rosendo, “As novas pontes obedecem a um padrão de segurança e qualidade que não correrá o risco de serem arrastadas pelas águas caso ocorram novos desastres.” Cada uma das quatro pontes foi construída em concreto armado, com 50 m de extensão. O investimento é de R$ 9.552.554,91.
A Casa Militar é responsável pela construção de 22 pontes nos municípios atingidos pelas enchentes de 2010 e 2011. Ano passado foram concluídas as pontes nos bairros Baeté e Maria Amália, na cidade de Barreiros, e a Ponte Francisco de Matos Sobrinho que liga o distrito de Caldeirões dos Guedes ao 
povoado de Cachoeira dos Pintos, em Bom Conselho.
Vale salientar que obras de arte dessa natureza demandam um tempo maior porque requerem estudos preliminares (sondagem, estudo geológico e outros), projetos básico e executivo, além dos tramites legais dos processos de licitação até a execução da obra, a fim de garantir a segurança das mesmas.
Para o chefe da Casa Militar, Cel. Mário Cavalcanti, o trabalho é persistente para normalizar a rotina das cidades atingidas pelas enxurradas. “A determinação do governador Eduardo Campos é priorizar as ações de governo que melhorem a qualidade de vida da população”. Segundo ele, há uma concentração de esforços da CTEA para entregar várias outras obras em breve. “Em março, vamos inaugurar duas pontes em Palmares, uma em Xexéu, uma em Quipapá e outra em São Benedito do Sul”.

OBRAS – Em Palmares será inaugurada a ponte que dá acesso ao Engenho Limeira beneficiando diretamente 700 pessoas e que é importante para o acesso a engenhos da região, pois facilitará o escoamento da produção de cana de açúcar. A obra está orçada em R$1.729.804,60. A outra ponte com 
inauguração prevista para março é a que dá acesso à comunidade do Riacho Guaraná. Representa um investimento de R$ 1.668.528,75 e beneficiará 3 mil pessoas.
Na cidade de Xexéu a Ponte do Bode irá recuperar o acesso de aproximadamente 800 pessoas da comunidade do Bode ao centro da cidade. Essa obra está orçada em R$ 647.904,79.Em Quipapá está sendo concluída a ponte que viabiliza o acesso à comunidade da Vila Cruzeiro, no valor de R$1.186.832,67. E em São Benedito do Sul a Ponte de Igarapeba representa um investimento de R$ 2.908.644,85.

Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments