Home » Afogados da Ingazeira » PREFEITURA DE AFOGADOS DA INGAZEIRA INICIA DESASSOREAMENTO DE BROTAS

PREFEITURA DE AFOGADOS DA INGAZEIRA INICIA DESASSOREAMENTO DE BROTAS

 Apesar do dia “D” pelo desassoreamento de Brotas estar marcado para ocorrer no dia 15 de Setembro, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira antecipou os trabalhos tendo em vista a grande quantidade de serviço a ser feito até lá.

Com máquinas próprias e outras cedidas pelo IPA, em sistema de revezamento, todo o leito seco da barragem de Brotas começou a ser remexido. Uma grande quantidade de terra já foi retirada. A Prefeitura alugou uma casa, próxima ao paredão da barragem, para hospedar os operadores das máquinas durante o período em que durar o serviço. A Secretaria de Assistência Social está oferecendo as refeições aos trabalhadores.

Segundo o Prefeito de Afogados, José Patriota, o dia 15 de Setembro será a culminância do processo de desassoreamento, que conta com o apoio de diversas Prefeituras do Pajeú e do Governo de Pernambuco. Ao longo das próximas semanas, mais máquinas deverão chegar a Afogados para se incorporar ao trabalho de desassoreamento.

“Queremos no dia 15 reunir toda a sociedade, não apenas de Afogados, mas da Região, para um abraço simbólico a nossa barragem, em defesa de Brotas, que tem nos abastecido durante todos esses anos e que hoje passa por um estado de calamidade nunca visto antes,” afirmou José Patriota. Em seus 39 anos de existência, a barragem nunca passou por uma reforma estrutural e nem recebeu ações que a livrassem do barro e da areia provenientes do assoreamento de suas margens. O Prefeito José Patriota também busca junto ao Governo do Estado, recursos para recuperar o paredão de Brotas, hoje com algumas fissuras e problemas estruturais. Ele teve, inclusive, reunião com o Presidente da Compesa, Roberto Tavares, para tratar do assunto.

 Histórico – A Barragem de Brotas foi inaugurada em 1977, pelo então Governador de Pernambuco, Eraldo Gueiros Leite. Com capacidade inicial para armazenar 25 milhões de metros cúbicos, Brotas conta hoje, por conta do assoreamento de suas margens, com capacidade de armazenamento reduzida para 19,6 milhões de metros cúbicos (Dados da APAC – Agência Pernambucana de Água e Clima). Abastecendo Afogados da Ingazeira e Tabira, a situação da barragem é desesperadora, com apenas 4% de água armazenada, segundo a última medição realizada em 17 de Agosto deste ano.


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments