Home » Crônicas de Ademar Rafael » Crônica de Ademar Rafael

Crônica de Ademar Rafael

PAUTAS REPETIDAS

Entra governo e sai governo e a grande imprensa sempre traz, entre outras, duas pautas com fatos repetidos. Que fatos são estes? Os gastos com os cartões corporativos e as despesas com hospedagens e alimentação das autoridades em viagens ao exterior.

Estes dois fatos reiteradamente divulgados pela imprensa, com zero de efeito prático quanto a solução, viram manchetes somente para fixar a ideia de que o jornalismo investigativo está vivo. Algumas vezes os elementos citados nas reportagens não são sequer criticados por alguém para evitar acusações descabidas.

Existem solução para reduzir os valores de tais dispêndios, muitas vezes com excessos de gastos as custas de um país onde faltam recursos para coisa básicas, claro que sim.

No caso dos cartões corporativos necessário seria uma análise tempestiva, realizada por técnicos do Tribunal de Contas de União e órgãos de controles internos. Os recursos aplicados em formato incompatível seriam devolvidos pela autoridade que se beneficiou com o produto e ou serviços.

Para normatizar o volume de gastos com autoridades em missões no exterior bastaria o legislativo, com auxílio do Tribunal de Contas da União, definir as regras. Muitas sugestões existem, algumas delas sem aderência com os fatos. A hipótese da autoridade ficar hospedada em sedes de embaixadas é desprovida de uma análise aprofundada sobre segurança, estrutura para alojar a comitiva, custo com alimentação e outras variáveis. Pode, em muitos casos, ter custos maiores e benefícios menores.

A liberdade de imprensa que tanto cobramos deve existir, contudo cabe aos jornalistas produzirem matérias que além de informar tragam contribuição para que o Brasil deixe de ser uma republiqueta. Criticar jogando para torcida tem gerado resultado zero.


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments