Home » Sem categoria » Entra na reta final a instalação da captação provisória na barragem de Carpina

Entra na reta final a instalação da captação provisória na barragem de Carpina

As intervenções para implantação da captação flutuante provisória na Barragem de Carpina, que atende o município de Limoeiro, seguem aceleradas. O Governo de Pernambuco, por meio da Compesa, está finalizando a montagem do equipamento que substituirá o antigo sistema de captação até o final desta semana. E, até o final de dezembro, entra em operação o flutuante definitivo que está em fase de confecção e montagem. Toda essas intervenções, orçadas em R$ 200 mil, estão inseridas no pacote de ações para a melhoria do abastecimento da Mata Norte.

A estrutura flutuante conta com um conjunto de bombas com capacidade de 90 l/s e está sendo instalada em um novo ponto na barragem, como forma de preservar o manancial e também de melhorar a captação que atualmente é de 50 litros de água por segundo. Com o novo volume haverá um reflexo positivo na distribuição de água no município.

“Esta ação permitirá a melhoria da performance na barragem, garantindo mais água para a população. Nesta reta final, concluímos a montagem do novo motor e estamos finalizando o transporte da balsa para o ponto de captação e implantamos as adutoras que vão conduzir a água da balsa. As equipes estão empenhadas em dar celeridade aos trabalhos, tendo em vista que esse é um investimento essencial para o atendimento da cidade de Limoeiro”, diz a gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Cleice Santos.

Além da substituição da balsa flutuante e dos antigos equipamentos, equipes técnicas da Compesa estão trabalhando na dragagem da Barragem de Carpina para evitar que o assoreamento do reservatório impacte no abastecimento. “Os serviços emergenciais estão sendo necessários para manter a operação, visto que a Barragem de Carpina tem sido a única fonte de água para o abastecimento de todo o município, desde o colapso da Barragem Pedra Fina, no início de outubro”, finaliza a gerente.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *