Home » Sem categoria » Jarbas tenta impedir fala de Lula, mas Justiça Eleitoral nega

Jarbas tenta impedir fala de Lula, mas Justiça Eleitoral nega

Mais uma derrota de Jarbas Vasconcelos (MDB) na Justiça Eleitoral. Desta vez, o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral, Itamar Pereira da Silva Júnior, negou liminar para impedir que a Coligação Pernambuco Vai Mudar e os candidatos ao Senado, Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), continuassem a exibir propaganda eleitoral em que confirma que o ex-governador era contra o Bolsa Família, chegando a classificar como “o maior programa oficial de compras de votos do Mundo”, como foi apresentado nas páginas amarelas da Revista Veja.

Além disso, o áudio traz uma declaração do então ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se mostrando bem chateado com as entrevistas dadas por Jarbas na época. “Sempre tratei o senador Jarbas tão bem, não sei por que ele tem agredido tanto o governo… aliás, tem agredido o Bolsa Família, dizendo que é esmola, que é não sei das quantas. Eu não consigo entender”, fala Lula.

A propaganda impugnada trata de opiniões publicadas sobre o programa Bolsa Família por Lula e pelo próprio candidato Jarbas. “A decisão respeitou o debate político ideológico. A propaganda dos candidatos Bruno e Mendonça reproduzem com fidelidade fatos públicos divulgados tanto por Lula quanto pelo candidato Jarbas”, disse Eduardo Porto, que ao lado do advogado Paulo Fernandes Pinto, coordena o jurídico dos candidatos ao Senado Mendonça Filho e Bruno Araújo. “Caso o candidato Jarbas mude de opinião que utilize seu horário político para divulgar suas novas ideias sobre o programa”, complementa Eduardo.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *