Home » Pernambuco » GOVERNO DO ESTADO INICIA CONSTRUÇÃO DA VIA METROPOLITANA NORTE

GOVERNO DO ESTADO INICIA CONSTRUÇÃO DA VIA METROPOLITANA NORTE

Começou a ser construída a rota alternativa para desafogar o tráfego que parte do Litoral Norte rumo à Cidade do Recife. Nesta segunda-feira (09/09), o governador Eduardo Campos assinou a ordem de serviço para as obras da Via Metropolitana Norte, uma reivindicação antiga dos moradores da Região Metropolitana. “Essa via foi pensada há muitos anos e nunca foi feita. Essa é uma ligação muito importante para a mobilidade da nossa área urbana, uma vez que essa é a segunda perimetral da Região Metropolitana do Recife”, destacou Eduardo. A via, que sai da ponte do Janga até a PE-15, é a terceira e última etapa do Projeto de Urbanização do Fragoso, em Olinda, que ainda contempla a construção de moradias, o revestimento do Canal do Fragoso e a construção de oito pontes.
A implantação da Via Metropolitana Norte será feita com faixa exclusiva para ônibus e ciclovias. Com 6,1 quilômetros de extensão, a Via Metropolitana Norte será um eixo de integração entre as rodovias PE-15 (início no Terminal PE-15) e PE-01 (limite entre Rio Doce, em Olinda, e o Janga, em Paulista). Quando estiver pronta, beneficiará diretamente 70 mil motoristas e 60 mil usuários de ônibus. O prazo de conclusão está estimado em 30 meses e vai custar cerca de R$ 123 milhões, recursos do PAC Mobilidade.
As intervenções viárias ainda incluem a construção de duas pistas marginais com 10,5 metros de largura, com três faixas de rolamento cada e um viaduto sobre a PE-15. Já ciclovia será ao longo da pista Oeste, com 2,5 metros de largura. Além disso, o Governo do Estado está investindo, em parceria com a União, cerca de R$ 272 milhões no revestimento de 4,6 quilômetros do canal do bairro do Fragoso, em  Olinda. As intervenções de revestimento, que começam no canal dos Bultrins e vão até o rio Fragoso, já estão com metade do trecho em fase de conclusão.
O governador chamou atenção para o impacto positivo que estas ações trarão à urbanização da área. “Com o revestimento do canal, ele passará a ter, no mínimo, 35 metros de largura, em vez de um metro, como vemos hoje em alguns pontos. Com esse alargamento, vamos melhorar a drenagem de todos os bairros de Olinda, que não passarão mais pelos constrangimentos e os riscos trazidos pelos alagamentos no inverno”, destacou. Antes de dar a ordem de serviço de construção da via, Eduardo vistoriou a construção de 302 unidades habitacionais em Fragoso, que também estão no projeto de urbanização do local e deverão ser entregues em novembro deste ano.
O prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, agradeceu ao Governo do Estado em nome dos olindenses, que, segundo ele, “esperam pela intervenção há 50 anos”. “Essa é a obra mais reclamada de Olinda e estrategicamente a mais importante da sua história também, pois atende à cidade em vários aspectos”, colocou Renildo. “Essas obras dialogam com a prevenção, pois evitam mortes e prejuízos materiais. Portanto, é uma obra que prepara um futuro melhor para milhares e milhares de pernambucanos”, reiterou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, que também esteve presente no ato. (Fotos: Aluisio Moreira/SEI) 

Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments