Home » Pernambuco » PERNAMBUCO RECEBE KITS PARA FORTALECER A DEFESA CIVIL DE MUNICÍPIOS

PERNAMBUCO RECEBE KITS PARA FORTALECER A DEFESA CIVIL DE MUNICÍPIOS

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, entregou, nesta segunda-feira (12), kits para o fortalecimento de defesa civil de seis municípios pernambucanos. “O objetivo é reforçar a infraestrutura para trabalhar a prevenção contra desastres nesses locais”, declarou ele ao apresentar os automóveis, principais equipamentos da lista. O evento ocorreu na sede da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), em Recife.

Além de caminhonetes com tração 4×4, as cidades de Água Preta, Barra de Guabiraba, Catende, Escada, Palmares e Quipapá receberão instrumentos como câmeras fotográficas digitais e aparelhos para localização GPS. O material será destinado exclusivamente para o uso nos núcleos municipais de defesa civil. “Os municípios receberão também mapas de risco, que irão diagnosticar as áreas críticas e definir quais ações preventivas devem ser feitas”, antecipou o ministro.

Bezerra Coelho ressaltou que outras cidades de Pernambuco ainda receberão equipamentos. “Já fizemos entregas em vários estados do país, como Santa Catarina, Rio de Janeiro e Mato Grosso. No total, 320 municípios brasileiros serão aparelhados para reforçar a defesa civil”, informou.

Situada na zona da Mata Sul do estado, Escada foi uma das cidades mais castigadas pelas chuvas nos últimos anos. Para o prefeito do município, Lucrécio Gomes, os kits terão importância significativa no trabalho de precaução. “As catástrofes que têm ocorrido em nossa cidade, a cada dois anos, fazem com que o município necessite de infraestrutura. Esses kits serão fundamentais para enfrentar os problemas e ajudar na implantação de um modelo de gestão preventiva”, enfatizou o prefeito.

Outras ações – Com o intuito de minimizar danos e preservar a vida, o Ministério da Integração Nacional articula dezenas de ações pelo país. Além do envio de equipamentos, são feitas, por exemplo, simulações de desastres naturais para a capacitação de agentes de defesa civil e empregadas medidas estratégicas, como a criação de cinco centros de distribuição regional de materiais – que atendem a necessidades básicas de moradores das cidades afetadas por catástrofes – e a implantação do cartão da defesa civil, já adotado em 108 municípios brasileiros.


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments