Home » Afogados da Ingazeira » ARCA DAS LETRAS CHEGARÁ ÀS 22 ESCOLAS DA ZONA RURAL EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

ARCA DAS LETRAS CHEGARÁ ÀS 22 ESCOLAS DA ZONA RURAL EM AFOGADOS DA INGAZEIRA

O anúncio foi feito pelo Prefeito José Patriota durante oficina pedagógica realizada pela Secretaria Municipal de Educação, com 45 professores que lecionam nas escolas da zona rural. A atividade faz parte do Projeto “Meu campo lê”, que este ano traz como tema “Cordel no campo e na escola”.
A Arca das Letras é um programa de incentivo a leitura promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, coordenado localmente pelo Centro Dom Hélder, em parceria com as Prefeituras. Segundo Patriota, para universalizar o acesso ao programa na zona rural, serão distribuídas 7 arcas, nas comunidades que faltavam – Minador da Carapuça, Barreiros, Lajedo, Umburanas, Alto Vermelho, Poço da Pedra e Carapuça. Cada arca contem 250 livros didáticos e paradidáticos.
Além da Arca das Letras, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira tem adquirido livros e cordéis de autores afogadenses e do Pajeú, para distribuir com as escolas. O Projeto “meu campo lê”, por exemplo, promove diversas atividades nas escolas com base em livros e cordéis produzidos na região, a exemplo da  “Peleja do boto cor-de-rosa com a sereia Iara”, de autoria do poeta Alexandre Morais; “Luiz Gonzaga – o Rei do baião”, de Arievaldo Viana; “Sertão, folclore e cordel”, de José Costa Leite.
Os Professores receberão kits contendo 32 cordéis de autores variados e os CD’s “Pajeú de Nós 2”, de Alexandre Morais e Genildo Santana; e “Meu cordelzinho de histórias”, de Abdias Campos. Por ter estudado em escola pública, na zona rural, o Prefeito José Patriota se emocionou ao falar para os professores sobre a importância deles na formação de crianças e adolescentes. “Em um mundo fragmentado, com a mídia valorizando cada vez mais o individualismo e o consumo, vocês (professores) tem um papel fundamental no resgate dos valores e das tradições de nossa cultura popular. O conhecimento é a base de tudo, um bem inestimável que ninguém rouba do cidadão,” avaliou Patriota.

Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments