Home » Sem categoria » Avante saí de zero para dez prefeitos em Pernambuco

Avante saí de zero para dez prefeitos em Pernambuco

alternative text for the liked image

Sob o comado dos irmãos Oliveira há apenas dez meses, o partido Avante ganhou cara, voz, representatividade e força em Pernambuco. Nesse período, Waldemar Oliveira e Sebastião Oliveira, presidente Estadual da sigla e deputado federal, respectivamente, promoveram uma verdadeira revolução na legenda, que filiou diversos prefeitos e vices, mais de 100 vereadores, além de muitos ex-prefeitos que disputarão as próximas eleições.

Antes de a dupla assumir os rumos do Avante, o partido não contava com nenhum prefeito de mandato em seu quadro. Graças ao prestígio e ao capital político de Waldemar e Sebastião, dez prefeitos passaram a integrar o grupo liderado por eles: Diogo Alexandre (Chã Grande); Rildo Reis (Amaraji); Júnior Amorim (São Benedito do Sul); Joamy Alves (Araçoiaba); Adilson Timóteo (Inajá); Ricardo Ferraz (Floresta); Tião de Gaudêncio (Quixaba); Vaninho de Danda (Santa Terezinha); Aline Freire (Terra Nova); Eliane Soares (Santa Cruz).

Cinco vice-prefeitos de importantes cidades espalhadas pelo Estado também aderiram ao projeto do Avante: Sandro Advogado (Chã Grande); Dr. Gabriel (São Lourenço da Mata); Marcelo Motta (Limoeiro); Artur Victor (Moreno) e Deca de André (Tracunhaém).

Também migraram para a legenda mais de dez ex-prefeitos: Airon Timóteo (Inajá); Zé Pretinho (Quixaba); Laerte Freire (Terra Nova); Carlos Evandro (Serra Talhada); Luciano Bonfim (Triunfo); Gérson Henrique (Jucati); Alexandre Tenório (Iati); Alexandre Martins (Terezinha); Galego (Jurema); Joelson (Calumbi); Dadau (Tacaratu); Zé Baiano (São Benedito do Sul).

PLANOS

O Avante tem planos arrojados. Um deles é fincar o seu nome com firmeza no solo da política estadual e, para isso, pretende disputar o comando de mais de 40 municípios no próximo pleito. Para chegar aos objetivos traçados, o seu palanque, além das lideranças já citadas, foi reforçado com nomes de peso, dentre eles, Carlos Batata (ex-deputado federal), Henrique Queiroz e Geraldo Pinho Alves (ex-deputados estaduais).

Com força estabelecida no interior de Pernambuco, chegou a hora de a família Oliveira também marcar presença na Região Metropolitana do Recife – RMR. “O Avante tem metas bem definidas e uma delas é eleger três vereadores no Recife. Montamos uma chapa coesa e estamos otimistas que vamos conquistar o que foi planejado”, explicou Waldemar Oliveira.

CONFIANÇA

Mais de 100 vereadores passaram a apostar no projeto do Avante. Alguns deles vão entrar na briga para se elegerem prefeitos, com fortes chances de vitória. Em Arcoverde, Cybele Roa, que foi disputada por vários outros partidos, é uma das principais apostas da sigla. Estão na mesma situação, os vereadores Marcílio (Custódia), Júnior Vaz/Tinam (Pedra) e Zé de Benga (Cedro), que, assim como Cybele, estão firmes para conquistarem o comando de suas respectivas cidades.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *