Home » Sem categoria » (IR)responsabilidade Zero 2

(IR)responsabilidade Zero 2

Por: Joel Gomes

Há anos se trava uma luta entre os que reconhecem e defendem os GARIS de Tuparetama-PE, inclusive, com projetos apresentados e aprovados, por unanimidade, na Câmara de Vereadores, exigindo que cada um dos trabalhadores receba os EPIs (se terceirizados, a responsabilidade é solidária), consequentemente que cada trabalhador que lida com substâncias nocivas à saúde receberá um adicional de insalubridade proporcional ao risco, em índices que variam de 10% a 40% do salário. Embora aprovados, jamais o prefeito atual, que na época também representava o Executivo Municipal, reconheceu o direito dos GARIS.

Hoje tramita no Senado um PL do Senador Paulo Paim (PT – RS – 2.019) que normatiza a profissão dos GARIS, garantindo-lhes os direitos e salário de classe que lhes são surrupiados por governantes que pouco ou quase nada os valoriza.

Com reincidência de erros no período de isolamento social pela pandemia do COVID19, a gestão do prefeito Sávio Torres não se diferencia de muitos administradores que pouco ou quase nada, repita-se, se preocupam com a classe destes importantes trabalhadores para manter limpas e saudáveis nossas cidades, incluindo-se Tuparetama que deveria exemplificar, porém, demonstra a ineficiência e irresponsabilidades neste momento de preocupação mundial.

Nesta terça feira, como nos demais dias, os responsáveis pela limpeza da “Princesinha do Pajeú”; varriam as ruas e apanhavam lixo, completamente expostos e vulneráveis ao Vírus do Corona – COVID19, sem nenhuma proteção a saúde dos GARIS. A foto é de terça feira de manhã (31/03/2020).


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *