Home » Sem categoria » TENDÊNCIA DO GRUPO POLÍTICO DE EDUARDO CAMPOS É APOIAR AÉCIO

TENDÊNCIA DO GRUPO POLÍTICO DE EDUARDO CAMPOS É APOIAR AÉCIO

A tendência do grupo político do ex-governador Eduardo Campos é de apoio ao candidato do PSDB, Aécio Neves. A decisão deve ser levada para reunião do PSB, em Brasília, nesta quarta-feira. Hoje, alguns socialistas de Pernambuco chegaram a argumentar que, por questão ideológica, o partido deveria seguir junto com o PT.

Mas há o reconhecimento do grupo de Campos que a eleição em Pernambuco deixou sequelas profundas. A família e aliados mais próximos ainda não esqueceram os ataques da campanha da aliança PTB-PT à memória de Campos. Durante a disputa, houve questionamentos dos adversários sobre a origem do jatinho que o ex-governador voava quando houve o trágico acidente, em agosto.

“O PT não respeitou nem a memória de Eduardo Campos”, observou um dos amigos mais próximos do ex-governador.    

Segundo esse amigo, desde que Eduardo decidiu se lançar candidato à Presidência, o PT criou aversão ao PSB e vice-versa. Ele lembra que o PT fez tudo para impedir a candidatura presidencial de Eduardo.

“Dilma nunca foi amiga de Eduardo. O Aécio era amigo de Eduardo”, ressaltou ele, lembrando que o discurso de Aécio no domingo fez um gesto em direção ao PSB ao homenagear a memória de Campos.

Mesmo assim, o grupo mais ideológico do PSB de Pernambuco tem ressaltado que Campos e o ex-governador Miguel Arraes sempre tiveram muito proximidade com o ex-presidente Lula. Esse grupo quer pelo menos que haja neutralidade na posição do PSB.

Por: Gerson Camarotti


Subscribe
Notify of

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments