OPINIÃO DO PERNINHA

Por em 16 de agosto de 2017

Rir ou chorar, por onde começamos?

Faltando pouco mais de quatro meses para o encerramento do exercício financeiro de 2017, o governo federal assume publicamente a dificuldade no fechamento das contas públicas, estimando que o déficit será bem maior que o previsto. Observando pela ótica da razão, haveremos de convir que a torneira do erário foi aberta com força total – agora em julho – para liberação de verbas destinadas a comprar apoio das bases aliadas, que votaram pelo arquivamento das denúncias que pesam/pesavam sobre o presidente Michel Temer. Foi muita grana torrada com finalidade totalmente política e de forma desrespeitosa aos brasileiros se levarmos em conta o quadro de incertezas que o País atravessa.

Mas não é assim que pensa o governo. No dia 21 de julho, em viagem à Argentina, o presidente disse que “a população iria entender o aumento dos impostos”, quando se referia aos R$ 78 milhões de reais que o governo passou a arrecadar diariamente só com o recente aumento dos impostos sobre os combustíveis. Isso representa em média R$ 18,00 a mais toda vez que você completar o tanque de combustível do seu veículo.

Parece pouco se levarmos em conta os R$ 200 bilhões de reais, anualmente desviados pela corrupção, nos escândalos escabrosos que temos acompanhado pela imprensa em geral. Ao chegar em Mendoza, na Argentina, o presidente Temer afirmou que a decisão de aumentar PIS e COFINS para gasolina, diesel e etanol está em linha com a responsabilidade fiscal e será bem compreendida pelos brasileiros. Disse ainda: “A população vai compreender porque esse é um governo que não mente”. Realmente, ele diz que baixa o “cacete” e baixa mesmo.

Aqui perguntamos: Por que será que os governantes só aumentam o que nos prejudica? Ninguém aumenta a segurança, os atendimentos médicos, os recursos para a educação, os números de empregos, etc. Em resposta ao presidente diríamos que o aumento dos impostos, além de abusivo, cheira a total irresponsabilidade fiscal e aos desmandos pela corrupção. Para o governo a equação é de fácil resolução. Nos roubam bilhões e mais bilhões, deixam de aprovar medidas anticorrupção que pedem urgência, gastam mais do que devem em emendas milionárias para compra de votos e depois, na cara de pau, colocam a conta no bolso do pobre trabalhador.

Para recuperar a nossa dignidade, fazemos coro com as palavras ditas pelo Procurador da República, Deltan Dallagnol, quando criticou o aumento: “Toda vez que eu for abastecer o carro, que eu pensar na saúde, segurança e educação dos pobres, que eu topar com buracos em estradas e infraestrutura precária que prejudica investimentos, vou lembrar disso tudo. E em 2018 vou mostrar toda a minha compreensão do que está acontecendo e dar minha resposta contra os corruptos, como cidadão, nas urnas”.

E você, vai fazer o quê?

Danizete Siqueira de Lima – Afogados da Ingazeira – PE – agosto de 2017.

Comente sobre isto

PERNAMBUCO: GOVERNO SEM RUMO E SEGURANÇA SEM COMANDO

Por em 16 de agosto de 2017

Os números da Secretaria de Defesa Social, divulgados nesta terça-feira (15), são mais uma prova de que o Governo do Estado continua sem rumo e sem comando no que diz respeito ao combate à violência. Segundo os dados da Secretaria, entre janeiro e julho já foram registrados 3.323 assassinatos em Pernambuco, 913 casos a mais que no mesmo período de 2016, o que representa um crescimento de 38%.

Desde 2015, a Bancada de Oposição vem alertando para o crescimento da criminalidade no Estado, quando foi registrado um incremento de 15% no número de homicídios. A Oposição voltou a alertar para o problema em 2016, quando os casos de assassinatos cresceram mais 13%, e novamente no encerramento do primeiro semestre.

Hoje, a política de segurança do Governo de Pernambuco se restringe a substituição dos postos de comando. Já estamos no terceiro Secretário de Defesa Social e no terceiro comandante da Polícia Militar, sem que os números indiquem qualquer sinal de declínio. Até mesmo a transparência, uma das premissas do Pacto pela Vida, foi abandonado pelo atual governo, como forma de tentar encobrir as falhas e a falta de gestão do programa.

Segundo o sociólogo José Luiz Ratton, idealizador do Pacto pela Vida, até 2013 o programa mostrou resultado porque tinha as metas pactuadas e acompanhadas pela sociedade, o que não acontece hoje. Também foram abandonados, segundo Ratton, os investimentos em ações sociais e prevenção, essenciais para a redução da criminalidade.

A Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo, trabalha com déficit de pessoal, que ficou mais evidente após o fim do Programa de Jornadas Extras de Segurança, realidade que virou alvo de investigação do Ministério Público de Pernambuco.

Diante do agravamento da situação, a Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco faz um apelo para que o governo Paulo Câmara deixe de lado a sua costumeira aversão ao diálogo e promova um amplo debate sobre o resgate do Pacto pela Vida e o combate à criminalidade, com os Poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público, OAB, representantes dos agentes de segurança e a sociedade civil organizada.

Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Comente sobre isto

COLUNA DO FINFA

Por em 16 de agosto de 2017

Foto: Lara Cavalcanti

Inaugura – Em breve, o Superintendente do Ministério do Trabalho em Pernambuco, Eduardo Geovane Freitas, estará inaugurando as novas instalações da Agência do Trabalho em Afogados da Ingazeira. Em conversa com este blogueiro, ontem (15), na sede do órgão, Geovanne, confirmou que a maioria dos municípios do Pajeú, já formalizaram um acordo para emissão de Carteira do Trabalho. “A Agência do Trabalho de Afogados da Ingazeira, será a agência ‘Mãe’, do Pajeú, os municípios que fecharam acordo conosco, e compraram o KIT-CTPS, já estão emitindo as Carteiras do Trabalho, onde são confeccionadas na agência de Afogados. Mesmo diante da crise que assola o País, estamos nos esforçando para atender todos os municípios, quero agradecer o apoio de todos os prefeitos do Pajeú, que estão empenhados para conclusão da nossa parceria, em especial ao Prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, que não mediu esforço para atender todas nossas demandas”, disse Superintendente Geovane Freitas.

No nosso encontro a Gestora de Convênio para os Municípios, Denise Arruda, confirmou que todos os municípios associados do Consórcio Cimpajeú,  já formalizaram o acordo, mas ainda não adquiriram o Kit para emissão de Carteira do Trabalho, os municípios de Carnaíba, Custódia, Flores, Santa Cruz da Baixa Verde, Triunfo.

Reunido – O prefeito de Carnaíba, Anchieta Patriota, esteve ontem (15), na Secretaria Estadual de Saúde, com o hepatologista, Dr. Edmundo Lopes, e Ricarly Santos, assessora da secretaria estadual de saúde, tratando da campanha que o seu município vai realizar sobre hepatite B e C.”O objetivo da campanha será alertar e orientar a população sobre a luta contra estas doenças virais, a hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser causada por diferentes vírus, uso de remédios e drogas injetáveis, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. As hepatites B e C podem ser contraídas por meio de relações sexuais, compartilhamento de agulhas, seringas ou uso de materiais perfurantes de higiene pessoal, como lâminas de barbear, alicates de unha e outros. A hepatite B também pode ser transmitida de mãe para filho durante o parto, por isso, é importante adotar medidas preventivas”, disse Anchieta Patriota.

Com o governador – O prefeito de Flores e Presidente do Cimpajeú, Marconi Santana, foi recebido na manhã de ontem (15), no Palácio do Campo das Princesas, pelo Governador Paulo Câmara, acompanhado do Deputado Federal Anilo Cabral. Na oportunidade o prefeito, protocolou um ofício, reivindicando uma usina de asfalto e equipamentos para o Consórcio, e também solicitou reforço policial para o município de Flores. Marconi recebeu garantia do governador do estado para os pleitos solicitados, nos quais também estão inclusos a recuperação asfáltica da PE-337 em toda sua extensão, em especial, no trecho Sítio dos Nunes/ Fátima .

Tenda da Saúde – O prefeito da Ingazeira, Lino Morais, em contato com a Secretária Municipal de Saúde, Fabiana Torres, definiram, que a durante as festividades da tradicional Festa de Santa Rosa, vai ser instalada a ‘Tenda da Saúde’, que terá um enfermeiro, uma auxiliar e um motorista de plantão, para atender a população, caso necessário.

Frase – “O que existe na Prefeitura de Tuparetama hoje é uma verdadeira desorganização contábil, pra não chamar de má fé”. (O Presidente da Câmara de Vereadores, Danilo Augusto, sobre a rejeição do Projeto de Suplementação de R$ 7 milhões, proposto pelo Prefeito Sávio Torres)

Intensificando – A Prefeitura Municipal de Custódia, através da Secretaria de Obras e Urbanismo e Diretoria de Meio Ambiente, intensifica nas obras no município, com pavimentação e saneamento em ruas da sede>Os serviços sendo realizado na Rua Pedro Mariano de Rezende, e em seguida serão realizadas as ruas Apolônio Carneiro e Travessa Apolônio Carneiro. Os investimentos dessa obra para infraestrutura foram adquiridos com Recurso do Ministério das Cidades e Contrapartida da Prefeitura de Custódia.

Agenda – O governador Paulo Câmara não terá agenda pública nesta quarta-feira, 16 de agosto.

Encontro – O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque alguns vereadores, tiveram uma reunião com o Reitor da Universidade de Pernambuco, Pedro Falcão, o encontro foi na Câmara de Vereadores, onde foi tratado de parcerias que fortalecem a relação Governo Municipal e a UPE. O prefeito ressaltou o papel dos vereadores, que são responsáveis, pelo sucesso das parcerias que trazem mais desenvolvimento para o município.

 

Perguntar não ofende – Finalmente os prefeitos Adelmo Moura (Itapetim) e Tânia Maria (Brejinho), estão fora do Cimpajeú?

Comente sobre isto

DIALOGANDO COM LUCIANO PACHECO

Por em 15 de agosto de 2017

O FUNDO PARTIDÁRIO DA VERGONHA

O Brasil semana passada recebeu chocado a informação de que foi aprovada a criação de um fundo partidário na bagatela de R$ 3,6 bilhões de reais. Esse dinheiro sairia dos cofres públicos da União para ser dividido entre candidatos a deputados estaduais, federais, senadores, governadores e presidentes. Ainda denominaram como o “fundo da democracia”. Isso seria o chamado financiamento público de campanha. Essa discussão está sendo vendida ao povo como uma reforma política, quando na verdade ela é apenas eleitoral.

A população está revoltada com essa notícia, pois o que se vê nesse País é faltar dinheiro para a saúde, educação, saneamento básico, habitação, pesquisa, etc. Como se justificar a destinação de tanto dinheiro para dividir entre os candidatos. Quem já se viu os recursos públicos serem entregues diretamente nas mãos do candidato.

Desde que iniciei minha vida pública, em 1996, elegendo-me Vereador por Arcoverde aos 19 anos de idade, ouço uma pergunta frequente do povo e de alguns pretensos candidatos: quanto o partido dá para ser candidato? Ora isso era muito frequente. Nunca recebi um centavo para isso. Mesmo sem esse dinheiro sempre tivemos um número muito alto de candidatos para disputar cargos eletivos. Com a criação desse fundo, se é que vinga, aí sim vai ter um número muito maior de candidatos visando apenas receber o dinheiro público do fundo da democracia.

Outra discussão nessa reforma é a criação do chamado distritão, onde na atual conjuntura favorece apenas os que já têm mandatos, ou seja, garantirá mais ainda a reeleição dos atuais mandatários, em prejuízo dos pequenos partidos. Contudo, a ideia que se passa para o povo é que com o distritão vai se eleger aqueles que tiverem mais votos, acabando assim com aqueles que se elegem com poucos votos.

O Brasil está precisando de uma verdadeira reforma política e não apenas eleitoral. Muita coisa precisam mudar no sistema político, como: o fim da reeleição; coincidência dos pleitos eleitorais municipal, estadual e federal; diminuir o número de deputados estaduais e federais; acabar com a figura dos suplentes de senador, bem como como reduzir o número de senadores; reduzir os salários e as regalias das autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário. Também tem que vigorar um sistema de fiscalização mais rígido para coibir a compra de votos e as campanhas milionária, pois se a Justiça Eleitoral quisesse punir os políticos corruptos já teria punido. Em Arcoverde, por exemplo, teve candidato a vereador que gastou mais de 1 milhão para se eleger. A pergunta é se vale a pena gastar uma dinheirama dessa para se eleger Vereador.

A população tem que demonstrar essa insatisfação e cobrar o que direito nas ruas e com protestos. Não adianta discordar e ficar sentado no sofá reclamando. O silêncio do povo nas ruas tem garantido tudo isso, como a reforma trabalhista, a não investigação do presidente Temer pelo STF, e, mais adiante, a reforma da previdência, tributária, política e eleitoral.

Por: Luciano Pacheco

Comente sobre isto

TADEU ALENCAR FALA DE DECISÃO DO PRESIDENTE TEMER SOBRE HEMOBRÁS

Por em 15 de agosto de 2017

Hoje foi um dia produtivo, um dia de luta, um dia de vitória para Pernambuco. Mais uma vez, verificou-se a tradição de todas as forças políticas se unirem quando em risco os interesses do Estado de Pernambuco. A unidade das bancadas na Câmara e no Senado, do Governo do Estado, da Assembléia Legislativa e da sociedade, de forma altiva e articulada, mostrou-se fundamental na defesa dos nossos interesses.

A decisão do Governo Federal de não avançar com a proposta de transferência da produção da Hemobrás, em Goiana, para a cidade de Maringá, no Paraná – defendida pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros -, é sobretudo uma vitória da população de Pernambuco.

Apesar de celebrar essa vitória, no mesmo dia em que estivemos no Tribunal de Contas da União (TCU) e em que criamos a Frente Parlamentar Mista em defesa da Hemobrás, não posso deixar de lamentar que uma proposta tão nociva à nossa economia e até aos investimentos da União já realizados nesse empreendimento, tenha avançado, a passos largos, sem o devido debate, correndo sério risco de aprovação, não fora a forte reação de todos os pernambucanos.

Vamos continuar a lutar pela Hemobrás, para que este projeto funcione plenamente, tornando-se a âncora do pólo farmacoquímico de Pernambuco.

Comente sobre isto

PERNAMBUCO DERROTA MINISTRO E HEMOBRÁS FICA NO ESTADO

Por em 15 de agosto de 2017
Depois de pressionado pela bancada de Pernambuco, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), anunciou que desistiu do plano de retirar do Estado a unidade de hemoderivados e recombinantes da Hemobrás e transferi-la para Maringá (PR), reduto eleitoral dele. Para o líder da Oposição, Humberto Costa (PT-PE), que combateu, desde o primeiro momento, os ataques do Governo Temer à empresa a vitória é apenas parcial.

“Foi uma vitória importante, mas é apenas o primeiro round. Não está claro se outra fábrica será construída no país. Se houver duas, não espaço no mercado. Então, nós seguimos vigilantes”, afirmou Humberto no início da noite desta terça-feira (15), após reunião da bancada com Barros. A decisão foi anunciada no fim da tarde, após semanas de intensa pressão dos congressistas pernambucanos em defesa da manutenção da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia em Goiana (PE). Mais cedo, no Congresso Nacional, eles haviam criado uma frente parlamentar para enfrentar o projeto de Barros de contemplar o Paraná.

“É uma vitória do povo de Pernambuco, do Nordeste e de todo o Brasil. O ministro, por interesses pessoais e eleitorais, queria transferir a fábrica para seu reduto eleitoral, fato que provocou reação, inclusive, da Justiça, do Ministério Público e do Tribunal de Contas da União. O ministério não conseguiu, em nenhum momento, apresentar justificativas científicas, técnicas e legais para a mudança”, afirmou Humberto.

Segundo ele, o ministério anunciou que fará negociações com os investidores detentores de tecnologia (empresa Shire) para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante no complexo de Goiana. A produção desse tipo de composto em Pernambuco sempre foi defendida pelo líder da Oposição, pois é a parte mais tecnológica e lucrativa da fábrica. Serão investidos cerca de US$ 300 milhões.

“Mostramos a esse governo golpista e ilegítimo que uma medida tão prejudicial a Pernambuco e ao Nordeste não passa e não passará, apesar dos ministros do Estado Bruno Araújo (PSDB), Mendonça Filho (DEM), Fernando Coelho Filho (PSB) e Raul Jungmann (PPS) não terem dado uma palavra em defesa da manutenção da unidade da Hemobrás em Goiana em todo esse período”, ressaltou.

Para Humberto, o silêncio dos ministros pernambucanos, em apoio completo e integral à mudança da fábrica sugerida pelo Ministério da Saúde, ficará para a história como uma vergonha para o povo. “É de estarrecer quando pensamos que temos quatro ministros de Estado que não defendem nenhum interesse da nossa região e só pensam em si mesmos e nos seus cargos”, disparou.

A conclusão de fábrica para fracionamento de plasma humano, que está inacabada em Goiana e que também requer investimento privado, será objeto de outra negociação, uma vez que não está contemplada na proposta da Shire.

Comente sobre isto

PREFEITURA DE AFOGADOS GARANTE NOVAS OPORTUNIDADES DE CURSOS DE QUALIFICAÇÃO

Por em 15 de agosto de 2017

As parcerias que a Prefeitura de Afogados vem estabelecendo, com os mais diversos órgãos e instituições, tem garantido uma agenda permanente de cursos de qualificação profissional. Nesta quarta (16), tem início o curso Excel Avançado, a partir das 19h, na carreta do SENAC, estacionada em frente à Secretaria Municipal de Administração, na Rua Dr. Roberto Nogueira Lima. Para este curso, as inscrições já foram encerradas.

Mas já existe a programação de novos cursos, para este mês de agosto, tanto para quem deseja se aperfeiçoar (Excel Avançado) como para quem ainda não tem familiaridade com a ferramenta (Excel Básico). Esses cursos são promovidos em parceria com o SENAC e as inscrições podem ser feitas mediante investimentos de R$ 120 e R$ 110, respectivamente.

Ainda este mês, terá início a Oficina “Plano de Compras”, direcionada a gestores públicos, em parceria com o SEBRAE. Já em parceria com o SENAI e a Secretaria Estadual de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, a Prefeitura promoverá o curso de boas práticas de corte e lapidação de vidros. Serão 25 vagas para iniciantes e 25 vagas para profissionais do segmento, e que já atuam na cadeia da produtiva da construção civil, vidraçarias, indústrias de vidro, centros comerciais e estabelecimentos comerciais do setor. Descrição:

“Essa é a nossa programação para o mês de agosto e estamos inteiramente à disposição para orientar e esclarecer qualquer dúvida das pessoas interessadas. A qualificação é fundamental para enfrentarmos esse mercado de trabalho cada vez mais competitivo e em um contexto de crise econômica,” destacou a Secretária de Administração, Flaviana Rosa.

As inscrições e informações adicionais podem ser obtidas na Secretaria Municipal de Administração (Sala do Empreendedor), na Rua Dr. Roberto Nogueira Lima, nº 165 – Afogados da Ingazeira (Centro). Telefones: 3838 1906 / 99978 1551. Ou presencialmente, no horário comercial.

Comente sobre isto

ARMANDO CELEBRA MANUTENÇÃO DA HEMOBRÁS EM PERNAMBUCO

Por em 15 de agosto de 2017

Foto: Ana Luisa Souza/Divulgação

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) comemorou, nesta terça-feira (15), a decisão do Governo Federal de manter em Pernambuco a fabricação do fator VIII recombinante, no complexo da Hemobrás em Goiana. A continuidade dos investimentos e a viabilidade da fábrica de Goiana vinha sendo ameaçada com a possível construção de outra planta no Paraná.

Para Armando, a ação articulada da bancada do Estado, que se uniu para pressionar contra a ameaça do Ministério da Saúde de esvaziar o empreendimento em Pernambuco, com a realização de diversas reuniões e audiências públicas, foi fundamental para a manutenção do projeto no Estado. “Como pernambucano, celebro essa grande conquista”, destacou o petebista, no plenário do Senado.

“O Ministério da Saúde acabou de publicar uma nota garantindo que todos os investimentos na planta da Hemobrás ficarão em Pernambuco, inclusive a produção do Fator VIII recombinante, que é a parte de maior valor econômico do empreendimento. Com isso, Pernambuco responde às tentativas de esvaziar o empreendimento”, afirmou Armando.

“A manutenção do projeto é fruto de uma ação solidária e articulada de toda a classe política de Pernambuco, especialmente da bancada federal, que, desde o primeiro momento, se alinhou na defesa dos interesses do Estado. A esse Pernambuco altivo e independente, a bancada pode hoje dar a sua melhor contribuição “, comemorou o senador.

Por meio de uma nota à imprensa, o Ministério da Saúde informou que fará negociações com a empresa Shire, atual parceira da Hemobrás, para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante, produto de alto valor econômico e grande densidade tecnológica. De acordo com a pasta, após notificação, a Shire decidiu manter a Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) já firmada com a Hemobrás e aumentou a proposta de investimento, saltando de US$ 30 milhões para US$ 300 milhões para o complexo de Goiana. Dessa forma, a tentativa de esvaziamento do empreendimento cai por terra e Pernambuco continuará com a fábrica de hemoderivados.

Comente sobre isto

DANILO DIZ QUE FINANCIAMENTO DE CAMPANHA DEVE SER FEITO COM MECANISMOS JÁ EXISTENTES

Por em 15 de agosto de 2017

O deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) defende que o financiamento das campanhas eleitorais deve ser feito através dos mecanismos no sistema político-partidário brasileiro. O parlamentar propôs que, inicialmente, a Câmara Federal discuta a redução dos custos dessas campanhas. “Já houve um movimento nesse sentido em 2014, mas há espaço para reduzir mais e, a partir disso, se faça o financiamento com os recursos já existentes, especialmente o fundo partidário.

“A sociedade não pode ser responsabilizada por esta conta, pois já vem pagando uma conta enorme pelos cortes que estão sendo feitos nas políticas públicas. Não é razoável que se crie fundo de quase R$ 4 bilhões para custear as eleições”, discursou Danilo Cabral nesta terça-feira (15) no Plenário da Câmara. O deputado também se posicionou contra o financiamento privado das campanhas. “É um mecanismo que não cabe por todos os constrangimentos e as relações promíscuas que existiram no nosso sistema”, justificou.

Ele acrescentou que o financiamento individual das campanhas não fazem parte da cultura nacional, por isso, o financiamento público é o ponto chave das regras eleitorais aprovadas pela comissão especial da Câmara que analisa da reforma política. “Essa é uma das mais importantes reformas que precisam ser debatidas nesta Casa, mas, infelizmente, não foi feita de forma satisfatória. Mais uma vez, o Congresso Nacional prepara, às vésperas do prazo limite, um arremedo de reforma, que vai simplesmente orientar as eleições de 2018”, criticou. Segundo Danilo Cabral, o debate sobre a reforma política deveria ter sido mais amplo, com maior participação da sociedade.

Durante o discurso, o deputado destacou a posição do PSB a favor do fim das coligações e da instituição da cláusula de barreira e contrária ao voto majoritário para deputados federais e estaduais e vereadores, o chamado distritão. “Nós temos que preservar o fortalecimento da democracia brasileira através dos partidos políticos e a legitimidade do eleitor”, finalizou.

Comente sobre isto

JOÃO FERNANDO APROVA RECURSO PARA ADUTORA DO AGRESTE

Por em 15 de agosto de 2017

O deputado João Fernando Coutinho aprovou, há pouco, na Comissão Mista de Orçamento (CMO), o Projeto de Lei nº 14/2017, destinando R$ 164.600.000,00 (cento e sessenta e quatro milhões e seiscentos mil reais) para a implantação da 1ª Etapa da Adutora do Agreste no Estado de Pernambuco.

A ação é fruto de um remanejamento de recursos orçamentários de emenda impositiva da Bancada de Pernambuco, de acordo com o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Planejamento e a bancada de Pernambuco no Congresso Nacional.

João Fernando destacou em seu relatório que o recurso aprovado também tem por objetivo a ampliação da meta contratual da implantação da Adutora, permitindo assim, que os municípios de Custódia, Jataúba, Vertentes, Taquaritinga do Norte, Paranatama e Saloá também possam ser contemplados pelas águas da transposição do Rio São Francisco.

Comente sobre isto

PRODUÇÃO DO FATOR VIII CONTINUA EM PERNAMBUCO

Por em 15 de agosto de 2017

Foto: Ministério da Saúde

O ministro da Educação, Mendonça Filho, teve uma audiência nesta terça-feira, 15, com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, sobre as operações da Empresa de Hemoderivados (Hemobras), localizada no município de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. O ministro, que estava acompanhando dos também ministros e pernambucanos Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Bezerra Filho (Minas e Energia) e Raul Jungmann (Defesa), solicitaram a permanência da produção do Fator VIII na Hemobras, no qual foram prontamente atendidos. A reunião foi um pedido do presidente Michel Temer.

“O estado de Pernambuco e o Sistema Único de Saúde (SUS) ganham com essa notícia. Primeiro porque o estado de Pernambuco, do ponto de vista da logística, é estratégico para a distribuição dessa produção, o que pode gerar economias para o SUS e esses recursos serem investidos em outras áreas. Depois porque esse polo de tecnologia é importantíssimo para nosso futuro”, comentou Mendonça Filho. Quando foi governador, em 2006, Mendonça Filho cedeu o terreno para a implantação da Hemobras no estado.

A decisão do ministro da Saúde, Ricardo Barros, põe fim à polêmica que poderia comprometer parte do funcionamento da Hemobras em Pernambuco. Com o cronograma de obras atrasadas, o Ministério da Sáude estava estudando a possibilidade de produzir o Fator VIII – recombinante utilizado no tratamento da hemofilia A (distúrbio da coagulação do sangue) – em uma fábrica no município de Maringá, no estado do Paraná, cuja construção consumiria U$ 200 milhões. O estado de Pernambuco receberia U$ 250 milhões para a finalização de planta para fracionamento de plasma.

Após o encontro com os ministros, o Ministério da Saúde anunciou que fará negociações com os investidores detentores de tecnologia para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo de Goiana, em Pernambuco. Com a notificação do Ministério da Saúde, a empresa Shire aumentou a proposta de investimento anteriormente apresentada a Hemobrás, em Pernambuco, de US$ 30 milhões para US$ 300 milhões para construir uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo de Goiana (PE).

A construção da fábrica era uma obrigação não cumprida pela Hemobrás. Em função das negociações iniciadas pelo Ministério da Saúde, a empresa Shire apresentou nova proposta, com novos investimentos privados. Em razão da crise fiscal do país, a busca do Ministério da Saúde é realizar investimentos sem novos recursos públicos para esta finalidade, arcando somente com a compra centralizada de hemoderivados.

Provocada pela proposta da Octapharma para a construção de fábrica no Brasil, a empresa Shire se manifestou interessada em realizar investimentos e manter a Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) com a Hemobrás. A conclusão de fábrica para fracionamento de plasma humano, que está inacabada no complexo de Goiana (PE) e que também requer investimento privado, será objeto de outra negociação, uma vez que não está contemplada na proposta da Shire.

A Hemobras possui 259 colaboradores em sua folha de funcionários, cujas despesas mensais giram em torno de R$ 2 milhões. Para terminar as obras, o Ministério da Saúde estima o investimento necessário de R$ 600 milhões. Até agora, a construção da fábrica, que já está em 70% da capacidade de funcionamento em operação, recebeu R$ 1 bilhão em investimentos.

*Com informações do Ministério da Saúde

Comente sobre isto

PREFEITURA DE SALGUEIRO DECRETA LUTO OFICIAL

Por em 15 de agosto de 2017

A Prefeitura Municipal de Salgueiro, através do prefeito Clebel Cordeiro e do vice-prefeito Chico Sampaio, bem como dos secretários e de todos os funcionários da administração municipal, vem através desta nota manifestar profundo voto de pesar pelo falecimento da ex-primeira dama do município, Sra. Ivanise Valença Sampaio, ocorrido na noite desta segunda-feira, 14 de agosto.
Ao mesmo tempo em que nos solidarizamos com todos os familiares de Dona Ivanise, a Prefeitura decreta LUTO OFICIAL por três dias em Salgueiro.

Comente sobre isto

DEFICIÊNCIAS CAUSADAS POR ACIDENTES DE TRÂNSITO SERÁ TEMA DE REUNIÃO NA ALEPE

Por em 15 de agosto de 2017

Ações de prevenção e estatísticas que comprovam a relação entre a violência no trânsito e as deficiências serão discutidas pela Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas com Deficiência nesta quarta (16).

Imagem: internet

A Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) se reune nesta quarta-feira (16), às 9h, no Plenarinho III, no Edifício Miguel Arraes de Alencar, para debater para iniciativas que buscam combater os altos índices de acidentes de trânsito, principalmente com motocicletas, que ocasionam vítimas fatais, incapacidades ou com sequelas psicológicas, o que gera um impacto econômico significativo, principalmente no sistema de saúde pública.

De acordo com dados do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), no ano de 2010, os acidentes com transporte terrestre já representam mais de 25% dos óbitos por causas externas, o segundo com maior incidência no Estado, atrás apenas de homicídios. Considerada uma epidemia moderna, os acidentes de moto são maioria entre eles, registrando cerca de 30% dos casos. Os homens são vítimas em 89% dessas ocorrências, 65% desses com idades entre os 20 e 39 anos. Entre os danos causados aos pacientes que sobrevivem, destacam-se as sequelas motoras, psicológicas e mutilações.

O Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto (Cepam), o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE), Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) e a Secretaria de Saúde do estado vão participar do encontro.

A Frente tem uma dinâmica de reuniões semanal, que aglutina entidades representativas do estado em uma sala de situação, onde são discutidos temas segmentados, voltados para as pessoas com deficiência. O objetivo é criar um diagnóstico das principais lacunas na rede de atendimento e desenvolver novas politicas públicas surgidas pelas entidades civis que são ouvidas nas reuniões.

Reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência
Dia: 16.08.17 (quarta-feira) Hora: 9h
Local: Plenarinho III da Alepe – Edifício Miguel Arraes de Alencar

Comente sobre isto

INICIATIVAS PARA SEGURANÇA PÚBLICA SÃO DISCUTIDAS NA UFRN

Por em 15 de agosto de 2017

Foto: Cícero Oliveira

Iniciativas voltadas à segurança pública foram discutidas em reunião nesta terça-feira, 15, entre o reitor em exercício da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, a secretária estadual de Segurança, Sheila Freitas, e os superintendentes das polícias Federal e Rodoviária Federal, Wellington Clay Porcino e Marcelo Montenegro. Os gestores encaminharam a elaboração de uma proposta de pós-graduação em Segurança Pública e se encontrarão novamente em setembro para contribuir com o detalhamento do projeto, como forma de atender às necessidades do sistema.

Também ficou acertada a realização de um workshop sobre o tema ainda neste ano, com o intuito de qualificar e reunir pesquisadores da área. Atualmente, existem 86 projetos de pesquisa e 112 de extensão na UFRN que abordam aspectos da segurança pública. Diante desses números, o superintendente da Polícia Federal sugeriu a criação de um grupo que aproxime todas as pessoas envolvidas nesses trabalhos, o que pode ser concretizado a partir do workshop idealizado pelo pró-reitor de Pesquisa da UFRN, Jorge Tarcísio Falcão.

“Conseguimos dar grandes passos neste encontro, agora vamos realizar novos debates. A melhoria da segurança pública também é uma causa nossa, queremos nos engajar ativamente nesse processo”, afirmou José Daniel Diniz Melo. Também participaram da reunião os pró-reitores de Pós-Graduação, Rubens Maribondo do Nascimento, e de Assuntos Estudantis, Edmilson Lopes Júnior, além dos professores do Departamento de Políticas Públicas, Cláudio Roberto de Jesus, e do Instituto Metrópole Digital, Frederico Lopes.

Comente sobre isto

BRASIL ESTÁ HUMILHADO COM ASSALTOS À MÃO ARMADA FEITOS POR TEMER

Por em 15 de agosto de 2017

Brasília – DF, 15/08/2017. Senador Humberto Costa, Líder da Oposição, durante discurso no plenário do Senado. Foto: Roberto Stuckert Filho

A explosão dos índices de desemprego, violência e pobreza no país gerada pelo governo Temer (PMDB) fez o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), ir à tribuna do plenário da Casa criticar “duramente a trupe de salteadores que comanda o Palácio do Planalto” e cobrar uma nova condução para que o Brasil retome o crescimento. “Sob aplausos do PSDB e do DEM, Temer mergulhou o país em um caos social sem precedentes na nossa história”, afirmou.

Para o senador, o desmonte do Estado brasileiro, com o completo esfacelamento de políticas públicas e programas sociais, cortes orçamentários criminosos e um desinvestimento galopante em todas as áreas, incluindo o anúncio do desligamento sumário de 543 mil famílias beneficiadas pelo Bolsa Família esta semana, é uma dilapidação estatal violentíssima.

“São agências de bancos públicos fechadas aos milhares, empregados e servidores públicos ameaçados de desligamento, as terras públicas entregues a preço de banana aos estrangeiros, nossas empresas sendo todas vendidas, enfim, o Estado sendo terrivelmente espoliado, por todos os lados, em tenebrosas transações sem quaisquer pudores, sob aplausos acalorados dos tucanos e do DEM”, declarou.

Enquanto isso, segundo o parlamentar, o governo não toma nenhuma medida contra as classes mais favorecidas, que ajudaram a derrubar a presidenta Dilma e o apoiam. Ele observou que o Palácio não fala em cobrar IPVA para iates, jatinhos e helicópteros, por exemplo, e nem em cobrar imposto sobre grandes fortunas.

Além disso, não cogita aumentar imposto sobre herança e em taxar capital vadio e especulativo. “O que se fala nesse governo é em imposto para os pobres e alargamento do déficit fiscal para se gastar mais dinheiro com negociatas políticas à custa da saúde das contas públicas”, disse.

O líder da Oposição lembrou que vários estados sofrem com a carência de recursos da União, incluindo Pernambuco, que só nos sete primeiros meses deste ano já contabilizou mais de 3,3 mil homicídios, quase mil a mais do que no mesmo período do ano passado. São 16 pessoas assassinadas todos os dias.

“Situação semelhante ocorre no Rio, com um policial militar morto a cada dois dias. E o que faz Michel Temer? Manda cortar 44% dos recursos destinados às Forças Armadas, o que provoca diretamente a abertura das nossas fronteiras à criminalidade, com o favorecimento da entrada massiva de armas e drogas no nosso país”, ressaltou.

Ele registrou que o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras, criado pela presidenta Dilma, foi duramente atingido por essa tungada, e hoje cobre somente 600 km da faixa de 17 mil km de fronteira seca que o país tem a proteger. O senador acredita que todos os investimentos feitos por Lula e por Dilma nas Forças Armadas para a aquisição de tecnologia com vistas à defesa da soberania nacional foram jogados no lixo pelo presidente e seus asseclas.

“A única preocupação de Temer é salvar a própria pele para evitar ser condenado pelos crimes que cometeu. Para a compra escancarada de apoio parlamentar, não faltam verbas. Bilhões de reais do dinheiro público têm sido empregados para a aquisição direta de deputados que lhe livrem a cara”, disparou.

O parlamentar ainda disse que, se esse governo nunca teve legitimidade, agora tornou-se, como nunca, um absoluto estorvo à nação e que o Brasil está humilhado por essa “imensa sequência de assaltos à mão armada que tem sido realizada, à luz do dia, a partir do Palácio do Planalto”.

Comente sobre isto

PATRONATO: REEDUCANDOS RECEBEM CERTIFICADOS DO CURSO DE MECÂNICA DE MOTO

Por em 15 de agosto de 2017

Iniciativa é da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através do Patronato Penitenciário, por força de convênios oriundos de emendas parlamentares

Com pretensões de se qualificar e voltar ao mercado de trabalho, um grupo de 50 reeducandos do regime aberto e livramento condicional recebeu, nesse domingo, 13, os certificados do curso de Mecânica de Moto, realizado no município de Paulista. A iniciativa é da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), através do Patronato Penitenciário, e em parceria com a Associação Brasileira de Desenvolvimento Econômico e Social dos Municípios (ABDESM), por força de convênios oriundos de emendas parlamentares, sem ônus para o Estado.

Os reeducandos tiveram aulas teóricas e práticas, com o auxílio de vídeos e visitas a oficinas. Durante o curso foi ensinado todo o funcionamento de uma moto, como, por exemplo, a função do carburador, do cilindro do motor, do pistão, além de outras peças importantes para o veículo.

Entre os alunos estavam duas mulheres que, apesar de estarem num meio predominantemente masculino, não se inibiram e colocaram as mãos na graxa, como forma de alçarem novos vôos para o mercado de trabalho. “Acredito que não existe isso. O mundo é de igualdades. Vejo que o setor automobilístico está crescendo muito, e o Patronato Penitenciário está me dando oportunidade de qualificação nesta área” ressalta a reeducandas Cibele Martins.  Ela passou quatro anos numa unidade prisional e agora está no regime aberto.

Além de Paulista, o curso de Mecânica de Moto também foi realizado no Recife. Nas duas turmas, foram qualificados 100 reeducandos. De acordo com o superintendente do Patronato Penitenciário, Josafá Reis, outros sete cursos serão oferecidos através de convênios oriundos de emendas parlamentares. São eles: Pedreiro Geral, Pedreiro Revestidor, Doces e Salgados, Encanador, Eletricista Geral, Eletricista Predial e Gesseiro.

Comente sobre isto

LIBERAÇÃO DO GARANTIA SAFRA

Por em 15 de agosto de 2017

Imagem: internet

Nesta segunda-feira (14) a Secretaria de Agricultura de Carnaíba conseguiu destravar junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário mais 99 benefícios do Garantia Safra que estavam com problemas para ser liberados. Ao todo eram 250 agricultores que estavam com dificuldades para receber, mas graças ao esforço do governo municipal já foram pagos a 220 cadastrados no programa.

O Secretário de Agricultura Zé Ivan disse que através de muito esforço e compromisso com os agricultores os benefícios estão sendo liberados numa parcela única de 850 reais. “Esse dinheiro vai aquecer a economia local e chega numa boa hora para os agricultores. Vamos lutar para no próximo mês conseguir fechar essa lista com a liberação dos 30 que ainda não receberam”,, disse o Secretário.

Comente sobre isto

MINISTRO DO TCU SE REÚNE COM HUMBERTO E DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO COM HEMOBRÁS

Por em 15 de agosto de 2017
Atento ao andamento do plano do ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP-PR), de transferir a fábrica da Hemobrás de Goiana (PE) para Maringá (PR), reduto eleitoral dele, o líder da Oposição, Humberto Costa (PT-PE) se reuniu, nesta terça-feira (15), com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo. Mais tarde, às 18h, a bancada de Pernambuco vai se reunir com Barros para reafirmar a posição em defesa da unidade em Pernambuco.

Vital do Rêgo, que já pediu explicações ao ministro da Saúde sobre o caso, demonstrou preocupação no encontro com os congressistas hoje em relação à mudança da unidade ao Paraná e falou que irá priorizar o tema no tribunal. Parlamentares da Paraíba também participaram do encontro em apoio à Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia em Goiana.

“O ministro Vital demonstrou bastante conhecimento em relação ao processo e sabe da importância econômica e social da fábrica para Pernambuco e o Nordeste. Nós acreditamos que o TCU vai avaliar o caso no seu mais estrito fundamento legal e, por isso, deverá manter a Hemobrás no Estado, já que a decisão do ministro da Saúde é meramente política e atende os seus parceiros comerciais”, afirma Humberto.

Há três semanas, o Ministério Público junto ao TCU, juntamente com a bancada de parlamentares de Pernambuco, entrou com uma representação pedindo uma liminar ao tribunal determinando a manutenção do contrato que mantém a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia no Estado.

A secretaria de controle externo do TCU analisou o caso e propôs que o órgão determine imediatamente sem efeito a suspensão do contrato, autorizada por Barros. Antes de decidir sobre a concessão da medida cautelar, o ministro Vital do Rêgo solicitou mais esclarecimentos do Ministério da Saúde.

Para o líder da Oposição, a justificativa do ministro da Saúde de que a transferência da produção de hemoderivados ao Paraná vai possibilitar que a União economize dinheiro público é uma falácia. “O orçamento federal prevê recursos para a finalização da fábrica da Hemobrás em Goiana. Além disso, já foram investidos cerca de R$ 1 bilhão na unidade. Quem vai arcar com esse prejuízo caso o plano do ministro se concretize?”, questionou.

Na mesma linha do discurso de Humberto, o Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco expediu, nesta terça, três recomendações direcionadas à Presidência da República, à Casa Civil da Presidência da República e ao Ministério da Saúde para impedir a adoção de medidas sem embasamento científico, técnico e legal relativas a mudanças na Hemobrás.

A atuação do MPF foi motivada, entre outras razões, por informações de que a pasta suspendeu a Parceria para o Desenvolvimento Produtivo de Fator VIII recombinante, firmado pela Hemobrás e pelo Ministério da Saúde, tendo como parceiro responsável pela transferência de tecnologia a empresa Baxter.

Outra motivação foi a negociação que vem sendo feita pela pasta junto à empresa Octapharma Brasil para a construção de uma nova fábrica de hemoderivados e recombinantes em Maringá (PR), “sem realizar licitação ou apresentar justificativas científicas, técnicas e legais para a medida”.

Comente sobre isto

SUSPENSA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA MONTAGEM DE FESTA EM ITACURUBA

Por em 15 de agosto de 2017

O conselheiro Ranilson Ramos determinou nesta segunda-feira (14) à Prefeitura de Itacuruba, em caráter liminar, que suspenda todos os atos decorrentes do Pregão Presencial nº 031/2016, cujo objeto é a contratação de empresa para montagem da estrutura de palco e som visando à realização da Festa do Sagrado Coração de 20 a 27 deste mês de agosto. O prazo para o recebimento das propostas se encerra nesta terça-feira (15) e o prefeito Bernardo de Moura Ferraz já foi notificado pelo TCE para apresentar suas contrarrazões.

A Medida Cautelar determinando a suspensão do Pregão originou-se de uma auditoria de acompanhamento realizada pelos técnicos da Inspetoria de Petrolina. Eles constataram, “in loco”, recolhimento e repasses previdenciários em atraso, inadimplência de folhas de pagamento dos servidores públicos municipais, contratação de despesas não essenciais, comprometendo o equilíbrio das contas públicas, e a divulgação de material publicitário contendo o nome de autoridades.

AGRAVAMENTO – Caso o município venha executar o contrato decorrente do Pregão e contratar profissionais do setor artístico – entre eles Gabriel Diniz, Dorgival Dantas e Luan Estilizado -, diz o relatório de auditoria, agravará mais ainda a situação dos servidores, que estão com vários meses de salário em atraso, bem como o desequilíbrio previdenciário decorrente do não recolhimento das contribuições patronal e dos funcionários.

EMERGÊNCIA – Influenciou também a decisão do conselheiro Ranilson Ramos o fato de o município encontrar-se em “situação de emergência”, em razão da seca, decorrente do Decreto Estadual nº 44.278/2017.

Segundo ele, em situações de fiscalização de gastos públicos, o TCE tem atuado, de forma preventiva, paralisando ato ou contrato administrativo que atente contra os princípios constitucionais da Administração Pública. Frisou que soa “irrazoável” a contratação de artistas para a realização do evento festivo no momento em que o município não está em dia com a folha de pagamento nem com suas obrigações previdenciárias.

“Ressalvo que a Medida ora exarada não fere os princípios da ampla defesa e do contraditório, os quais serão devidamente oportunizados ao gestor”, diz a Cautelar do conselheiro.

Esta é a segunda vez nos últimos 15 dias que o TCE determina a suspensão de eventos festivos pelo fato de a prefeitura não estar em dia com suas obrigações perante os servidores. A primeira foi São Lourenço da Mata, cuja festa do padroeiro, São Lourenço, tinha um orçamento não compatível, segundo o conselheiro Dirceu Rodolfo, com a saúde fiscal do município.

A Medida Cautelar será enviada posteriormente à Primeira Câmara do TCE para ser referendada.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 14/08/2017

Comente sobre isto

PAULO CÂMARA: “SÃO OS JOVENS QUE VÃO TRANSFORMAR O FUTURO DE PERNAMBUCO ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO”

Por em 15 de agosto de 2017

Governador participou, nesta terça-feira, da premiação regional da 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas

Muito esforço, prática e dedicação. Foi através dessa conduta que 844 alunos pernambucanos da Rede Estadual de Ensino foram premiados na 12ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), referente ao ano de 2016. Nesta edição, o empenho dos jovens resultou em 75 medalhas para o Estado, entre ouro, prata e bronze. A solenidade de premiação regional, realizada, nesta terça-feira (15.08), no Centro de Convenções de Pernambuco, contou com a presença do governador Paulo Câmara, de familiares dos participantes e da comunidade escolar. A OBMEP contempla as unidades municipais, estaduais e federais com matrícula de estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e dos três anos do Ensino Médio.

 
“A gente tem certeza de que Pernambuco já avançou muito na educação, e que ainda tem muito o que melhorar. Mas eventos como este e motivação como esta ajudam a valorizar o empenho desses jovens e a motivá-los a querer sempre mais. São os jovens que vão transformar o futuro de Pernambuco através da educação. Eu tenho muita esperança nas novas gerações, nesses jovens pernambucanos e brasileiros que vão fazer, através do seu esforço e dedicação, a diferença pra um Brasil melhor para todos”, ressaltou o governador. Paulo também fez questão de parabenizar cada um dos premiados: “Todos estão de parabéns. Continuem estudando, acreditando nos seus sonhos. E nos ajudem a transformar a nosso País”, conclamou.
Também são premiados pela Olimpíada professores, escolas e secretarias de educação de municípios que se destacam em virtude do desempenho dos alunos. Em Pernambuco, 16 estudantes foram agraciados com medalha de ouro (três da rede estadual), 47 receberam medalha de prata (14 da rede estadual) e 114 foram premiados com medalha de bronze (58 da rede estadual). Outros 1.219 estudantes receberam menção honrosa, sendo 769 estudantes de escolas estaduais. Foram homenageados, ainda, 24 professores, 29 escolas e dois municípios pernambucanos (Quixaba e Brejinho).
Para incentivar a participação, a OBMEP produz e distribui material didático, oferece bolsas de iniciação científica aos estudantes e reconhecimento aos educadores, escolas e secretarias. A disputa nacional foi idealizada pelo ex-ministro de Ciência e Tecnologia e ex-governador do Estado Eduardo Campos, em 2005. Desde a primeira edição da Olimpíada, os estudantes da rede estadual de educação vêm se destacando na competição. Em 2005, foram 22 medalhistas pernambucanos.
O secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, destacou o papel fundamental dos professores no estímulo ao estudo da matemática e, principalmente, para bom desempenho escolar desses estudantes. “É muito importante esse trabalho que estimula o estudante a se desenvolver, a gostar da escola. E isso não diz respeito a apenas passar o conteúdo. Educar é muito mais que isso; é preparar os estudantes e estimulá-los para novos desafios. E eu acho que um trabalho como esse cumpre esse papel de não apenas desenvolver o estudo da matemática, mas de estimulá-los a desenvolver o aprendizado como um todo. E dessa forma, estamos contribuindo também para a melhoria da educação do nosso Estado”, disse.
Entre os premiados, estava o aluno Bruno Henrique, de 14 anos. Matriculado no 8° ano da Escola Dr. Adilson Bezerra de Souza, localizada em Santa Cruz do Capibaribe, ele exibia com orgulho o certificado da medalha dourada. “Eu sempre gostei de matemática, e quando se gosta é mais fácil aprender. Eu me sinto muito feliz com esse prêmio, estudei e me dediquei muito. E minha família também ficou bastante orgulhosa”, declarou. Bruno e os outros 15 medalhistas de ouro vão receber a medalha em solenidade no Rio de Janeiro, a ser agendada.

 

Para o diretor geral do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), Marcelo Viana, a competição tem especial contribuição no desenvolvimento social e educacional do País. “Estamos aqui, hoje, para reconhecer a superação e o mérito de cada aluno, professor e escola pelo trabalho realizado nesta edição. A OBMEP serve para descobrir talentos, estimular o gosto pela matemática e o desempenho educacional e pessoal de todos os alunos. E também para levar a mensagem de que a matemática é divertida e prazerosa de se estudar”, pontuou.

EDIÇÃO 2017  Na 13° edição da OBMEP, as escolas privadas também estão inseridas na disputa. Realizada em duas fases, a primeira ocorreu no último dia 06 de junho, nas próprias escolas. A segunda está marcada para 16 de setembro de 2017, com questões dissertativas, aplicadas em locais definidos pela coordenação da Olimpíada e corrigidas por professores indicados pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). No dia 30 de novembro, os resultados serão divulgados na página da OBMEP na Internet. Os medalhistas terão oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior (PICOBMEP), que será realizado em 2018. 

Participaram da solenidade também o deputado federal Danilo Cabral; o representante da Sociedade Brasileira de Educação, Paulo Figueirêdo; o coordenador regional da OBMEP, Vicente de Souza Neto; e o reitor da Universidade Católica de Pernambuco, o padre Pedro Rubens.

Fotos: Wagner Ramos/SEI

Comente sobre isto