Home » Sem categoria » Secti apresenta RePEPE para a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco

Secti apresenta RePEPE para a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Lucas Ramos, esteve no Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), na Cidade Universitária, nesta segunda-feira (22/02), para apresentar a Rede Pernambucana de Pesquisa e Educação (RePEPE), aos representantes da Defensoria Pública do Estado de Pernambuco. Na ocasião, também estiveram presentes o secretário executivo de CT&I, Leonildo Sales, o presidente do Itep, Antônio Vaz, o defensor Público Geral, Fabrício Lima, o sub defensor Público Geral, Henrique Seixas, e o chefe de Tecnologia da Defensoria Pública, Marciel Mascarelo. Durante a visita, os participantes tiveram a oportunidade de participar de uma explanação sobre a RePEPE e, posteriormente, conhecer a infraestrutura da Instituição.

“Queremos tornar ainda mais forte a relação entre a Secti e a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco. Considerando os investimentos do Governo do Estado na expansão da RePEPE, podemos ativar e conectar os prédios da Defensoria, não só na capital pernambucana, mas em toda a extensão territorial de Pernambuco”, disse o secretário de CT&I, Lucas Ramos, ao destacar que a iniciativa irá facilitar o atendimento ao cliente e ao cidadão pernambucano por parte dos serviços oferecidos. “Com a parceria, o órgão terá uma rede de alta velocidade, de alta performance e de alta qualidade diminuindo, assim, o tempo de resposta para as soluções esperadas pela população”, finalizou Ramos.

“A RePEPE é uma tecnologia de ponta que impressiona por estar disponível para os órgãos do estado aproveitarem a infraestrutura. O que foi mostrado, é o que existe de melhor no mundo”, avaliou o chefe de Tecnologia da Defensoria Pública, Marciel Mascarelo, ao destacar que o órgão precisa fazer parte da Rede. “Hoje temos mais de 80 pontos espalhados pelo estado com acesso à internet. Cada um desses acessos é, potencialmente, um risco para a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco porque é uma porta que pode, sim, receber uma invasão. Portanto, você conseguir colocar todo esse tráfego em um único lugar, para onde se consiga fazer um gerenciamento para onde está sendo acessado, isso amplia a segurança e, portanto, a gerência que se pode ter em cada uma desses pontos, otimizando, assim, os recursos do órgão”, avaliou ele.

Já o defensor Público Geral, Fabrício Lima, parabenizou o secretário Lucas Ramos, pelo trabalho que está desenvolvendo na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. “Parabéns pelos projetos que estão sendo oferecidos para a população. Fiquei motivado e orgulhoso por saber que uma Secretaria de Ciência e Tecnologia dispõe de uma estrutura de primeiro mundo capaz de deixar um legado para que Pernambuco possa seguir na frente”, disse ele, ao pontuar que a RePEPE será fundamental para a agilidade dos serviços prestados pela Defensoria Pública do Estado de Pernambuco. “O que foi demonstrado é muito mais do que investimento é a chance de Pernambuco buscar o protagonismo no acesso à tecnologia de ponta e o que fará a diferença é a integração da iniciativa pública com a privada. Sem esse canal de diálogo e essa interação não existe avanço”, explicou ele.

RePEPE – O papel da rede é beneficiar, em todo território de Pernambuco, centros de pesquisa e ensino, e unidades de saúde. Através de um backbone (linha de transmissão) de 1.175 Km, ao longo de todo estado, a RePEPE vai levar internet banda larga de alta performance (1 a 10 Gigabytes), chegando nos municípios pernambucanos. A rede tem potencial para alcançar mais de 400 entidades. O diferencial do modelo de implantação da RePEPE está baseado em parcerias público-privadas voluntárias, propiciando, inclusive, a redução de custos e o compartilhamento de benefícios. O convênio conta a parceria da Celpe e da RNP.


Comente sobre

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *